Folk Lusitânia

Folk, Neo-clássico, New Age, World Music, Darkwave, Medieval, Música Étnica, Folk Metal, Symphonic Metal, Dark Ambient, Neofolk, Marcial.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Continua o poema

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Fundador (ex-Váli)
Deus(a) do Sol (administração)
avatar

Masculino
Áries Cobra
N. de Mensagens : 2041
Idade : 28
Local : Lisboa
Raça : Ent/Povo das Árvores
Elemento : Madeira
Deus : Poseidon (Mar/Ideologia/Sonho)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Continua o poema   Qui Abr 07, 2011 4:21 pm

A ideia e: a partir de uma introdução que eu dou cada um continua o poema. Podemos tambem dar varias hipoteses para dar a segunda pessoa uma opcao de escolha.

Em tempos antigos nas terras medias...

Ou

Hoje sinto-me...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://folklusitania.heavenforum.com
Diarmuid
Mestre
avatar

Masculino
Capricórnio Porco
N. de Mensagens : 758
Idade : 33
Local : Almada
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Cinzento

MensagemAssunto: Re: Continua o poema   Sex Abr 08, 2011 1:05 am

Em tempos antigos nas terras medias...

O Sol raiava nas almas guerreiras
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fundador (ex-Váli)
Deus(a) do Sol (administração)
avatar

Masculino
Áries Cobra
N. de Mensagens : 2041
Idade : 28
Local : Lisboa
Raça : Ent/Povo das Árvores
Elemento : Madeira
Deus : Poseidon (Mar/Ideologia/Sonho)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: Continua o poema   Sab Abr 16, 2011 3:10 pm

Em tempos antigos nas terras medias

O Sol raiava nas almas guerreiras

Cujos olhos ardiam com o fantasma da vitoria

Enquanto os feiticeiros vencidos se escondiam no escuro
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://folklusitania.heavenforum.com
Fundador (ex-Váli)
Deus(a) do Sol (administração)
avatar

Masculino
Áries Cobra
N. de Mensagens : 2041
Idade : 28
Local : Lisboa
Raça : Ent/Povo das Árvores
Elemento : Madeira
Deus : Poseidon (Mar/Ideologia/Sonho)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: Continua o poema   Qui Jul 07, 2011 5:54 pm

ouah so para reanimar este topico. Que tal se procurassemos passagens nos resumos dos livros e colocavamos ao calhas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://folklusitania.heavenforum.com
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: Continua o poema   Qui Jul 07, 2011 8:23 pm

Em tempos antigos nas terras medias

O Sol raiava nas almas guerreiras

Cujos olhos ardiam com o fantasma da vitoria

Enquanto os feiticeiros vencidos se escondiam no escuro

O custo da vitoria havia sido demasiado elevado

As planícies, outrora verdejantes, estavam agora tingidas de escarlate
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Siivet
Mestre
avatar

Masculino
Virgem Porco
N. de Mensagens : 750
Idade : 34
Local : Sintra
Raça : Troll
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Ares (Guerra/Heroísmo/Conquista)
Cor : Preto

MensagemAssunto: Re: Continua o poema   Qui Jul 07, 2011 9:22 pm

Em tempos antigos nas terras medias

O Sol raiava nas almas guerreiras

Cujos olhos ardiam com o fantasma da vitoria

Enquanto os feiticeiros vencidos se escondiam no escuro

O custo da vitoria havia sido demasiado elevado

As planícies, outrora verdejantes, estavam agora tingidas de escarlate

E ao longe ouvia-se o uivo do lobo e o choro do corvo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ondetudoarde.blogspot.pt/
Fundador (ex-Váli)
Deus(a) do Sol (administração)
avatar

Masculino
Áries Cobra
N. de Mensagens : 2041
Idade : 28
Local : Lisboa
Raça : Ent/Povo das Árvores
Elemento : Madeira
Deus : Poseidon (Mar/Ideologia/Sonho)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: Continua o poema   Sex Jul 08, 2011 2:13 pm

Em tempos antigos nas terras medias
O Sol raiava nas almas guerreiras
Cujos olhos ardiam com o fantasma da vitoria
Enquanto os feiticeiros vencidos se escondiam no escuro
O custo da vitoria havia sido demasiado elevado
As planícies, outrora verdejantes, estavam agora tingidas de escarlate
E ao longe ouvia-se o uivo do lobo e o choro do corvo

Não seria facil convencer os clerigos a participarem
Num mundo em que se é conhecido pelas mentiras

(tirado do resumo de um livro da magic)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://folklusitania.heavenforum.com
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: Continua o poema   Sab Jul 09, 2011 9:48 am

Em tempos antigos nas terras medias
O Sol raiava nas almas guerreiras
Cujos olhos ardiam com o fantasma da vitoria
Enquanto os feiticeiros vencidos se escondiam no escuro
O custo da vitoria havia sido demasiado elevado
As planícies, outrora verdejantes, estavam agora tingidas de escarlate
E ao longe ouvia-se o uivo do lobo e o choro do corvo

Não seria facil convencer os clerigos a participarem
Num mundo em que se é conhecido pelas mentiras
Dois mil anos de opressão haviam-lhes toldado a mente
O medo e os preconceitos sobrepuseram-se à razão
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Fundador (ex-Váli)
Deus(a) do Sol (administração)
avatar

Masculino
Áries Cobra
N. de Mensagens : 2041
Idade : 28
Local : Lisboa
Raça : Ent/Povo das Árvores
Elemento : Madeira
Deus : Poseidon (Mar/Ideologia/Sonho)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: Continua o poema   Sab Jul 09, 2011 12:09 pm

Em tempos antigos nas terras medias
O Sol raiava nas almas guerreiras
Cujos olhos ardiam com o fantasma da vitoria
Enquanto os feiticeiros vencidos se escondiam no escuro
O custo da vitoria havia sido demasiado elevado
As planícies, outrora verdejantes, estavam agora tingidas de escarlate
E ao longe ouvia-se o uivo do lobo e o choro do corvo

Não seria facil convencer os clerigos a participarem
Num mundo em que se é conhecido pelas mentiras
Dois mil anos de opressão haviam-lhes toldado a mente
O medo e os preconceitos sobrepuseram-se à razão

É o primeiro passo para refutar as tuas acções
Diziam Viriato aos chefe dos feiticeiros
O de pensares que a arena é um sistema judicial
As arvores veem através dos olhos das aguia
Elas voam por entre os edificios também
Foste deixado numa ilha no coliseu
A nossa equipa de comando entrara na floresta
Vinda do seu proprio interior
Entao eu combaterei a minha irma Era

(abri um livro de fantasia ao calhas e saio isto)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://folklusitania.heavenforum.com
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: Continua o poema   Qua Jul 13, 2011 7:59 pm

Váli escreveu:
Em tempos antigos nas terras medias
O Sol raiava nas almas guerreiras
Cujos olhos ardiam com o fantasma da vitoria
Enquanto os feiticeiros vencidos se escondiam no escuro
O custo da vitoria havia sido demasiado elevado
As planícies, outrora verdejantes, estavam agora tingidas de escarlate
E ao longe ouvia-se o uivo do lobo e o choro do corvo

Não seria facil convencer os clerigos a participarem
Num mundo em que se é conhecido pelas mentiras
Dois mil anos de opressão haviam-lhes toldado a mente
O medo e os preconceitos sobrepuseram-se à razão

É o primeiro passo para refutar as tuas acções
Diziam Viriato aos chefe dos feiticeiros
O de pensares que a arena é um sistema judicial
As arvores veem através dos olhos das aguia
Elas voam por entre os edificios também
Foste deixado numa ilha no coliseu
A nossa equipa de comando entrara na floresta
Vinda do seu proprio interior
Entao eu combaterei a minha irma Era

(abri um livro de fantasia ao calhas e saio isto)


Não foi nada que eu não tivesse previsto, Váli, começaste a colocar trechos de romances matás-te a excelente ideia que havias tido.
E que tal começares de novo apenas com frases originais, quem sabe se não nasce aqui uma boa letra para uma canção ou algo assim do género! Cool
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Fundador (ex-Váli)
Deus(a) do Sol (administração)
avatar

Masculino
Áries Cobra
N. de Mensagens : 2041
Idade : 28
Local : Lisboa
Raça : Ent/Povo das Árvores
Elemento : Madeira
Deus : Poseidon (Mar/Ideologia/Sonho)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: Continua o poema   Qui Jul 14, 2011 6:50 pm

ok vamos tentar algo mais simples entao

.EDIT: nao sei se algo mais lirico ficava melhor (baseado em sentimentos)

..............................

E entao eu vi
e um cavalo vermelho toldava os ceus de sangue
enquanto as crianças choravam a um canto
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://folklusitania.heavenforum.com
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: Continua o poema   Qui Jul 14, 2011 7:36 pm

E entao eu vi
e um cavalo vermelho toldava os ceus de sangue
enquanto as crianças choravam a um canto
lágimas de dor e medo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Fundador (ex-Váli)
Deus(a) do Sol (administração)
avatar

Masculino
Áries Cobra
N. de Mensagens : 2041
Idade : 28
Local : Lisboa
Raça : Ent/Povo das Árvores
Elemento : Madeira
Deus : Poseidon (Mar/Ideologia/Sonho)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: Continua o poema   Sab Jul 16, 2011 2:49 pm

E entao eu vi
e um cavalo vermelho toldava os ceus de sangue
enquanto as crianças choravam a um canto
lágimas de dor e medo
Enquanto as cabeças de Batista e de Frank
Eram entregues em bandejas

Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://folklusitania.heavenforum.com
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: Continua o poema   Sab Jul 16, 2011 9:46 pm

E entao eu vi
e um cavalo vermelho toldava os ceus de sangue
enquanto as crianças choravam a um canto
lágimas de dor e medo
Enquanto as cabeças de Batista e de Frank
Eram entregues em bandejas
Para regojizo dos sacerdotes da caveira negra
Com a perda dos seus lideres, a rebilião perdera o animo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Fundador (ex-Váli)
Deus(a) do Sol (administração)
avatar

Masculino
Áries Cobra
N. de Mensagens : 2041
Idade : 28
Local : Lisboa
Raça : Ent/Povo das Árvores
Elemento : Madeira
Deus : Poseidon (Mar/Ideologia/Sonho)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: Continua o poema   Sab Set 03, 2011 6:20 pm

oua vamos tentar algo menos epico e mais lirico

Outono, as folhas caem
Como lágrimas da terra deitadas ao chão
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://folklusitania.heavenforum.com
Fundador (ex-Váli)
Deus(a) do Sol (administração)
avatar

Masculino
Áries Cobra
N. de Mensagens : 2041
Idade : 28
Local : Lisboa
Raça : Ent/Povo das Árvores
Elemento : Madeira
Deus : Poseidon (Mar/Ideologia/Sonho)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: Continua o poema   Qui Mar 15, 2012 3:30 pm

Agora que comecei a ler alguns poemas que já não via á montes de tempo apetecia-me restaurar este topico mas parece que é dificl escrevr algo em conjunto pela divergencia de ideias. Acho que temos de definir primeiro se o poema será algo mais virado para uma historia ou algo mais sentimental. Mesmo assim serão preciso varias tentativas até que haja algo que se veja. Vamos tentar recomeçar.

Na assembleia de anjos, Gabriel via-se entre a espada
E a parede
Decidira que iria fazer a vontade do povo, e tornar-se-ia um guerreiro
Mas guardaria a sua balança negra escondida
Para que a podesse usar numa outra oportunidade
Sem que com isso infrigisse a vontade do povo

Por outro lado...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://folklusitania.heavenforum.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Continua o poema   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Continua o poema
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Amigo Secreto
» sugestão - não evoluir os shinys/força do pokemon por boost!
» Sob O sol
» T03E04 - A ameaça Ariana Continua (Valzack & Jinx)
» A jornada continua

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Folk Lusitânia :: Parte Sul :: Biblioteca-
Ir para: