Folk Lusitânia

Folk, Neo-clássico, New Age, World Music, Darkwave, Medieval, Música Étnica, Folk Metal, Symphonic Metal, Dark Ambient, Neofolk, Marcial.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 João Aguiar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: João Aguiar    Sab Jun 25, 2011 11:09 pm

João Casimiro Namorado de Aguiar, conhecido profissionalmente como João Aguiar foi um jornalista e escritor português.



João Aguiar nasceu em Lisboa, tendo passado grande parte da sua infância na Beira, Moçambique. Licenciou-se em Jornalismo pela Universidade Livre de Bruxelas, tendo trabalhado nos centros de turismo de Portugal em Bruxelas e Amesterdão. Regressou a Portugal em 1976, para se dedicar numa primeira fase ao jornalismo. Trabalhou para a RTP (onde iniciou a sua carreira em 1963) e para diversos diários e semanários como: Diário de Notícias, A Luta, Diário Popular, O País e Sábado. Em 1981, foi nomeado assessor de imprensa do então Ministro da Qualidade de Vida. Colaborou regularmente na revista mensal Superinteressante, sendo membro do seu Conselho Consultivo. Foi ainda colaborador da revista TempoLivre. Infelizmente já não se encontra entre nós, tendo morrido aos 66 anos vítima de doença prolongada, ainda o ano passado.

Da sua vasta obra destaco:

A voz dos deuses (1984)



Em 147 a.C., alguns milhares de guerrilheiros lusitanos encontram-se cercados pelas tropas do pretor Caio Vetílio. Em princípio, trata-se apenas de mais um episódio da guerra que a República Romana trava há longos anos para se apoderar da Península Ibérica. Mas os Lusitanos, acossados pelo inimigo, elegem um dos seus e entregam-lhe o comando supremo. Esse homem, que durante sete anos vai ser o pesadelo de Roma, chama-se Viriato.
Entre 147 e 139, ano em que foi assassinado, Viriato derrotou sucessivos exércitos romanos, levou à revolta grande parte dos povos ibéricos e foi o responsável pelo início da célebre Guerra de Numância.
Viriato foi um verdadeiro génio militar, político e diplomático. Mas, sobretudo, Viriato foi o defensor de um mundo que morria asfixiado pelo poderio romano: o mundo em que mergulham as raízes mais profundas de Portugal e de Espanha. É esse mundo, já então em declínio, que este livro tenta evocar.
Aquando do seu aparecimento, em 1984, Fernando Assis Pacheco escreveu serem raras as estreias com tanta qualidade. Depois disso, A Voz dos Deuses, ao longo de sucessivas edições, tornou-se um "clássico" do romance histórico português contemporâneo.
Na minha opinião um pouco clichê, no entanto quase perfeito!

A hora de Sertório (1994)



De 80 a 72 a.C., à frente de uma confederação de povos ibéricos, Quinto Sertório enfrentou com êxito os numerosos exércitos que a "sua" Roma enviara para submeter as províncias hispanas.
A guerra de Sertório foi um episódio da longa e sangrenta agonia da República Romana, que, esgotada na sua força interior, sacrificou sistematicamente os homens que a poderiam salvar; Sertório foi provavelmente a mais ilustre das vítimas.
É essa época de crise — política, económica, mas, sobretudo, de valores — que este livro evoca, através das narrações de um filósofo grego, de um general romano e de um jovem lusitano, Medamo de seu nome.

Uma deusa na bruma (2003)



Em meados do século II a.C., as gentes de Entre-Douro-e-Minho viviam, com razoável inconsciência, os derradeiros anos da sua civilização.
No Leste e no Sul da Península Ibérica, a República Romana já se implantara e as suas legiões procuravam alargar esse domínio, mas no Noroeste a ameaça parecia longínqua, tanto mais que os Numantinos e os Lusitanos mostravam ser um formidável obstáculo ao avanço romano, sobretudo a partir do momento em que um certo guerreiro, chamado Viriato, assumira a chefia da resistência lusitana. Mas, de súbito, estes obstáculos caem: Numância submete-se, ainda que temporariamente, e Viriato é morto à traição. E o procônsul Décimo Júnio Bruto marcha para Norte, passa o Tejo, entra na Lusitânia e aproxima-se das margens do Douro...
É este o cenário histórico de Uma Deusa na Bruma, cuja acção é contemporânea da de um outro romance do autor, A Voz dos Deuses, mas centrada, agora, na Cividade de Terroso (Póvoa de Varzim), procurando evocar o que seria a civilização castreja na fase imediatamente anterior à romanização.

Para quem gosta desta temática aconcelho vivamente! Das várias obras que já li, de vários autores, quer nacionais quer estrangeiros, nomeadamente espanhois, o nosso João foi sem duvida o que se aproximou mais da perfeição!

Encontram-nos em qualquer biblioteca pública. A Voz dos deuses está à venda no continente apenas por 6€.

Um dia espero fazer-lhe concorrencia, trabalho dia e noite para tal. A historia de Viriato e dos lusitanos há muito que precisa de uma nova roupagem, a qual a afaste de uma vez por toda de certos perconceitos bacocos e também de certas ideolgias idiotas.

Um povo sem conhecimento das suas origens é como uma arvore sem raízes!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Vampiria
Rei/Rainha
avatar

Feminino
N. de Mensagens : 1234
Local : Ilha dos Sonhos
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Deméter (Terra/Natureza/Estações)
Cor : Roxo

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Dom Jun 26, 2011 2:16 am

Grande escritor, sim senhor!!! Li A Voz dos Deuses e Uma Deusa na Bruma.
Totalmente recomendáveis. Smile

Não sabia que já tinha falecido... Neutral
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Dom Jun 26, 2011 2:18 am

Vampiria escreveu:
Grande escritor, sim senhor!!! Li A Voz dos Deuses e Uma Deusa na Bruma.
Totalmente recomendáveis. Smile

Não sabia que já tinha falecido... Neutral

É verdade! Um mês antes do Saramago! Dois no mesmo ano, e dos bons, segundo consta, pois por mais incrivel que pareça nunca li Saramago.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Vampiria
Rei/Rainha
avatar

Feminino
N. de Mensagens : 1234
Local : Ilha dos Sonhos
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Deméter (Terra/Natureza/Estações)
Cor : Roxo

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Dom Jun 26, 2011 2:48 am

Eu ainda comecei a ler O ano da morte de Ricardo Reis, mas não prende a atenção... depende de cada livro, pois, Intermitências da Morte é muito bom. Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Dom Jun 26, 2011 2:52 am

Vampiria escreveu:
Eu ainda comecei a ler O ano da morte de Ricardo Reis, mas não prende a atenção... depende de cada livro, pois, Intermitências da Morte é muito bom. Smile

A mim, toda a gente que conheço e que o lê, dizem-me que o melhor para começar é o Memorial do convento!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Diarmuid
Mestre
avatar

Masculino
Capricórnio Porco
N. de Mensagens : 758
Idade : 33
Local : Almada
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Cinzento

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Dom Jun 26, 2011 8:07 am

Bom post Nantumaurus, tenho aqui a trilogia lusitana dele (A voz dos deuses, A hora de Sertório, Uma deusa na bruma). Se gostaste, aconselho-te também a checkar o Viriato de Teófilo Braga, também uma obra muito relevante nesta temática (até contêm referências ao Ogham num contexto lusitano, muito bom)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vampiria
Rei/Rainha
avatar

Feminino
N. de Mensagens : 1234
Local : Ilha dos Sonhos
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Deméter (Terra/Natureza/Estações)
Cor : Roxo

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Dom Jun 26, 2011 2:25 pm

Nantumaurus escreveu:
Vampiria escreveu:
Eu ainda comecei a ler O ano da morte de Ricardo Reis, mas não prende a atenção... depende de cada livro, pois, Intermitências da Morte é muito bom. Smile

A mim, toda a gente que conheço e que o lê, dizem-me que o melhor para começar é o Memorial do convento!

Eu acho que o melhor é sempre aquele com o qual nos identificamos mais, lá está, é subjectivo. O que é bom para determinada pessoa pode ser aborrecido para outra. Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Dom Jun 26, 2011 7:13 pm

Diarmuid escreveu:
Bom post Nantumaurus, tenho aqui a trilogia lusitana dele (A voz dos deuses, A hora de Sertório, Uma deusa na bruma). Se gostaste, aconselho-te também a checkar o Viriato de Teófilo Braga, também uma obra muito relevante nesta temática (até contêm referências ao Ogham num contexto lusitano, muito bom)

Obrigado pela sugestão, mas já li, e deixa que te diga que não gostei. A nivel de informação é bom, mas quando foi escrito estava incluido no contexto da primeira republica, logo completamente desfazido no tempo. Os poemas, quanto a mim são rídiculos e o constante apelo aquilo que é portuguesinho é que é bom enoja!
Se quiseres ler outras obras posso te sugerir algumas, pois tenho em casa tudo o que está dísponivel no mercado sobre esta temática, quer seja romançe, ensaio ou temático, e mais não digo!
Esta temática como já disse precisa de uma roupagem nova assim como de uma nova alma, pois tudo o que existe já está muito esbatido!
´Há três anos que me esforço por isso, tendo agora em mãos um romance, ao estilo de Bernard Cornweel, já com mais de 600 págs. Nele só não descrevo as guerras Viriatianas como tab faço renascer o verdadeiro espirito lusitano para alem de desmitificar muitos mal entendidos!
Recentemente em Espanha passou na televisão uma série intitulada Hispania La Lyenda. Esforçaram-se, mas ainda ficaram muito longe. Para justificar digo-te só que duvido mut que quando os guerreiros lusitanos e/ou celtiberos avançaram sobre os romanos que tivessem gritado a bons pulmões: " Pela Híspania!!!!!!!" É ridiculo!
A minha obra é uma bomba que vai deitar tudo isto abaixo. O mais dificil vai ser conseguir publicá-la, no entanto deixa-me que te diga que não conheço quaisquer barreiras. É o meu desígnio!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Ceinwyn
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Feminino
Leão Tigre
N. de Mensagens : 3936
Idade : 31
Raça : Gárgula
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Ares (Guerra/Heroísmo/Conquista)
Cor : Vermelho

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Dom Jun 26, 2011 9:21 pm

Vampiria escreveu:
Eu ainda comecei a ler O ano da morte de Ricardo Reis, mas não prende a atenção...
What? Shocked É o meu preferido dele Sad

_________________

Certe canzoni attraversano le mura con sacre ironie e parlano, senza parole, quell'unica lingua ch'è il suono.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Dom Jun 26, 2011 10:58 pm

Ceinwyn escreveu:
Vampiria escreveu:
Eu ainda comecei a ler O ano da morte de Ricardo Reis, mas não prende a atenção...
What? Shocked É o meu preferido dele Sad


confused Estava a falar sobre o livro do Teofilo Braga não do O ano da morte de Ricardo Reis! Não te assustes! lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Ceinwyn
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Feminino
Leão Tigre
N. de Mensagens : 3936
Idade : 31
Raça : Gárgula
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Ares (Guerra/Heroísmo/Conquista)
Cor : Vermelho

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Dom Jun 26, 2011 11:07 pm

Nantumaurus escreveu:
Ceinwyn escreveu:
Vampiria escreveu:
Eu ainda comecei a ler O ano da morte de Ricardo Reis, mas não prende a atenção...
What? Shocked É o meu preferido dele Sad


confused Estava a falar sobre o livro do Teofilo Braga não do O ano da morte de Ricardo Reis! Não te assustes! lol!
Mas eu estava a falar para a Vampiria...

_________________

Certe canzoni attraversano le mura con sacre ironie e parlano, senza parole, quell'unica lingua ch'è il suono.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Dom Jun 26, 2011 11:59 pm

Ceinwyn escreveu:
Nantumaurus escreveu:
Ceinwyn escreveu:
Vampiria escreveu:
Eu ainda comecei a ler O ano da morte de Ricardo Reis, mas não prende a atenção...
What? Shocked É o meu preferido dele Sad


confused Estava a falar sobre o livro do Teofilo Braga não do O ano da morte de Ricardo Reis! Não te assustes! lol!
Mas eu estava a falar para a Vampiria...

Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Diarmuid
Mestre
avatar

Masculino
Capricórnio Porco
N. de Mensagens : 758
Idade : 33
Local : Almada
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Cinzento

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Seg Jun 27, 2011 4:47 am

Nantumaurus escreveu:
Diarmuid escreveu:
Bom post Nantumaurus, tenho aqui a trilogia lusitana dele (A voz dos deuses, A hora de Sertório, Uma deusa na bruma). Se gostaste, aconselho-te também a checkar o Viriato de Teófilo Braga, também uma obra muito relevante nesta temática (até contêm referências ao Ogham num contexto lusitano, muito bom)

Obrigado pela sugestão, mas já li, e deixa que te diga que não gostei. A nivel de informação é bom, mas quando foi escrito estava incluido no contexto da primeira republica, logo completamente desfazido no tempo. Os poemas, quanto a mim são rídiculos e o constante apelo aquilo que é portuguesinho é que é bom enoja!
Se quiseres ler outras obras posso te sugerir algumas, pois tenho em casa tudo o que está dísponivel no mercado sobre esta temática, quer seja romançe, ensaio ou temático, e mais não digo!
Esta temática como já disse precisa de uma roupagem nova assim como de uma nova alma, pois tudo o que existe já está muito esbatido!
´Há três anos que me esforço por isso, tendo agora em mãos um romance, ao estilo de Bernard Cornweel, já com mais de 600 págs. Nele só não descrevo as guerras Viriatianas como tab faço renascer o verdadeiro espirito lusitano para alem de desmitificar muitos mal entendidos!
Recentemente em Espanha passou na televisão uma série intitulada Hispania La Lyenda. Esforçaram-se, mas ainda ficaram muito longe. Para justificar digo-te só que duvido mut que quando os guerreiros lusitanos e/ou celtiberos avançaram sobre os romanos que tivessem gritado a bons pulmões: " Pela Híspania!!!!!!!" É ridiculo!
A minha obra é uma bomba que vai deitar tudo isto abaixo. O mais dificil vai ser conseguir publicá-la, no entanto deixa-me que te diga que não conheço quaisquer barreiras. É o meu desígnio!

Concordo no sentido de que a obra é enquadrada num determinado contexto, mas não penso que terá de ser nesse aspecto que deve ser criticada, tem excelentes apontamentos, apesar de se notar os detalhes "portuguesinhos" que referiste. Estou aberto a outras sugestões, também tenho muito material desta temática, muito mesmo. O meu doutoramento vai envolver temáticas celtas, mas não num contexto português, mais no contexto irlandês, galês e bretão com a literatura arturiana, e nesse aspecto também tenho tudo e mais alguma coisa que esteja disponível (estou-me a referir a coisas sérias, e não versões modernas dos velhos mitos com uma roupagem moderna e "light" que por vezes até modifica o contexto dos próprios mitos e literatura). Mas como agora estou numa unidade de investigação de estudos anglo-portugueses, também penso vir a produzir trabalho sobre o contexto ibérico: celtiberos e Lusitanos, que também me interessa, e do qual também tenho muito material, embora não tanto como o material irlandês, galês, escocês, etc.

Concordo com o que referiste relativamente a essa série (que não vi), mas nem me parece motivo de dúvida mas sim de certeza, de que não diriam "Pela Hispania". Para começar, Hispania era uma designação romana para a região, porque haveriam os seus inimigos de a usar numa fase em que a conquista romana ainda não estava completamente estabelecida? Depois, as tribos lusitanas e celtiberas, ainda que por vezes se unissem, não tinham essa noção de "pátria". Em relação à tua obra, um dia se poderes, gostaria de a ver. Talvez te possa ajudar em relação à publicação, mas teria de a ver primeiro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Seg Jun 27, 2011 5:59 am

Quando digo que a nível de informação é bom, é um ponto em que acho que estamos de acordo! Por outro lado acho uma narrativa muito dramatica e tal como disse muito chorona por assim dizer!
Já leste Viriato Trágico Brás Garcia de Mascarenhas, é uma peça de teatro! Se não leste, não leias, dá vomitos, no entanto continua a ser aclamdo e representado!
Uma pequena coisa para perceberes quando falo em roupagem nova: Nos romances do João Aguiar os personagens lusitanos, que não Viriato ou Tautalos chamam-se todos Tongato ou Caturo, isto quando existem dezenas de nomes lusitanos, Nantumaurus por exemplo. Nas obras deles assim como em muitas outras nem um unico clã lusitano é mencionado, é tudo lusitano e pronto. Existem dezenas tab, uns com mais relevancia do que outros é claro, os igaeditanos, os tapori, os lacienses, os calontienses os caluri e por aí fora.
Amanha deixo aqui uma lista com livros que tenho e outros que consultei, de certo que te vão ser mut uteis.
Já li umas coisas a respeito do celticismo das ilhas britanicas e tab gália, mas não tenho nada, era tudo da biblioteca! No entanto tenho lá um livro sobre o druidismo na galia que é capaz de te interesar e muito! Dep dou-te o nome!
Confesso que me deixaste com um sorriso no rosto quando dizes que me podes ajudar com a publicação, com0o deves saber não é nada facil entrar na coisa! Mas quanto a isso nem que fosse à minha custa, porque o que mais interessa é expor a obra idependente de ser por uma editora ou não, percebes?
É com gosto que te passo o trabalho, mas só dep de acabado e de devidamente registado! Não me foste o unico a pedilo. Por isso como é um trabalho de muitos anos não tou disposto a passálo sem tar seguro.


Chiça, bolas, bolas, tanto escrevem estes druidas!!!! lol!


abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Floresta
Herói/Heroína mitológic@
avatar

Masculino
Escorpião Cobra
N. de Mensagens : 2477
Idade : 27
Local : Lisboa
Raça : Ent/Povo das Árvores
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Preto

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Seg Jun 27, 2011 10:02 am

E pensava eu que os druidas acreditavam que escrever era matar a palavra. Tá bem tá...

_________________
Si Roma cadit, sic omnis terrae!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Diarmuid
Mestre
avatar

Masculino
Capricórnio Porco
N. de Mensagens : 758
Idade : 33
Local : Almada
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Cinzento

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Seg Jun 27, 2011 1:26 pm

Floresta, Ex-Odal escreveu:
E pensava eu que os druidas acreditavam que escrever era matar a palavra. Tá bem tá...

Não era uma questão de matar a palavra, era uma questão de manter os mitos, tradições e ensinamentos dentro da classe dos bardos, dos ovates e dos druidas, e de forçar a decorar esses mesmos ensinamentos. Por isso mantinham a tradição oral. Há especulação de que seria para manter o poder que tinham como classe, o que duvido porque as classes não eram assim tão diferenciadas nos celtas, qualquer função era respeitada. Mas talvez desejassem manter a sabedoria dessa forma "exclusiva", ao menos tinham o Ogham.

Nantumaurus escreveu:
Quando digo que a nível de informação é bom, é um ponto em que acho que estamos de acordo! Por outro lado acho uma narrativa muito dramatica e tal como disse muito chorona por assim dizer!
Já leste Viriato Trágico Brás Garcia de Mascarenhas, é uma peça de teatro! Se não leste, não leias, dá vomitos, no entanto continua a ser aclamdo e representado!
Uma pequena coisa para perceberes quando falo em roupagem nova: Nos romances do João Aguiar os personagens lusitanos, que não Viriato ou Tautalos chamam-se todos Tongato ou Caturo, isto quando existem dezenas de nomes lusitanos, Nantumaurus por exemplo. Nas obras deles assim como em muitas outras nem um unico clã lusitano é mencionado, é tudo lusitano e pronto. Existem dezenas tab, uns com mais relevancia do que outros é claro, os igaeditanos, os tapori, os lacienses, os calontienses os caluri e por aí fora.
Amanha deixo aqui uma lista com livros que tenho e outros que consultei, de certo que te vão ser mut uteis.
Já li umas coisas a respeito do celticismo das ilhas britanicas e tab gália, mas não tenho nada, era tudo da biblioteca! No entanto tenho lá um livro sobre o druidismo na galia que é capaz de te interesar e muito! Dep dou-te o nome!
Confesso que me deixaste com um sorriso no rosto quando dizes que me podes ajudar com a publicação, com0o deves saber não é nada facil entrar na coisa! Mas quanto a isso nem que fosse à minha custa, porque o que mais interessa é expor a obra idependente de ser por uma editora ou não, percebes?
É com gosto que te passo o trabalho, mas só dep de acabado e de devidamente registado! Não me foste o unico a pedilo. Por isso como é um trabalho de muitos anos não tou disposto a passálo sem tar seguro.


Chiça, bolas, bolas, tanto escrevem estes druidas!!!! lol!


abraço

Concordo perfeitamente, aliás as sociedades celtas eram sempre compostas por diversas tribos diferenciadas, não havia realmente nações ou unidades celtas, mas sim diversas tribos, que em alturas de crise podiam constituir uma espécie de confederação de várias tribos (Viriato e Vercingentorix conseguiram-no, assim como Bouddica), no entanto, até nessas alturas de crise não havia uma união total (A Gália foi um forte exemplo). Se tiveres um trabalho historicamente mais detalhado e fiel à em vez de uma versão dramática como as que referes, estás num excelente caminho, e do qual existe uma grande lacuna no mercado. Fico contente que haja pessoas interessadas nesta temática. Nestas alturas de globalização e crises e de aparente mudança, é importante que as nossas raízes e folclore sejam redescobertas e exploradas, não só a nível português mas até mesmo a nível europeu. E gosto da tua atitude de evitar ideologias que muitas vezes se "apropriam" desta temática, e distorcem-na e corrompem o seu real significado com impregnações de outras coisas que nada têm a ver. Em relação ao que dizes de registares o teu trabalho, pensas bem, já o devias ter feito, regista-o na SPA (Sociedade Portuguesa de Autores), em principio ficarás devidamente protegido contra plágio ou tentativas de apropriação do teu trabalho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Seg Jun 27, 2011 6:28 pm

Ora nem mais!
Já lá tenho um romance de fantasia épica registado! Foi o meu primeiro, mas está muito fraco! Este ainda não está só porque ainda não o acabei, assim que tiver terminado vou lá!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Vampiria
Rei/Rainha
avatar

Feminino
N. de Mensagens : 1234
Local : Ilha dos Sonhos
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Deméter (Terra/Natureza/Estações)
Cor : Roxo

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Seg Jun 27, 2011 7:17 pm

Nantumaurus escreveu:
Ceinwyn escreveu:
Nantumaurus escreveu:
Ceinwyn escreveu:
Vampiria escreveu:
Eu ainda comecei a ler O ano da morte de Ricardo Reis, mas não prende a atenção...
What? Shocked É o meu preferido dele Sad


confused Estava a falar sobre o livro do Teofilo Braga não do O ano da morte de Ricardo Reis! Não te assustes! lol!
Mas eu estava a falar para a Vampiria...

Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed Embarassed

Ahahahahahah Laughing

Cein, mas eu não desisti... só à terceira... Smile

Nantumaurus, quando prevês terminar o romance? Isso é muito interessante!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Ter Jun 28, 2011 8:16 am

Olá,
já há três anos que estou a trabalhar nele!
Terminei-o num ano, mas estava muito fraco, digamos que só escrevi a espinha dorsal!
Depois refiz, acrescentando mais informação e veracidade, fiz uma longa pausa para entrar num projecto que não tem nada a haver, e agora estou a criar um enrredo com mais consistência!
Não tenho data para terminar, mas gostaria de o acabar ainda este ano!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Signatus
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Masculino
Virgem Dragão
N. de Mensagens : 2724
Idade : 29
Local : Ofiussa
Raça : Lobitroll
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Deméter (Terra/Natureza/Estações)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Ter Jun 28, 2011 9:15 am

A hora de Sertório foi uma das coisas mais deliciosas em que já pus a vista em cima! Infelizmente emprestei-o a um amigo meu com quem perdi o contacto Crying or Very sad
Gostava mesmo de o voltar a ler assim como aos restantes do autor (que não conhecia).
E fico à espera da tua obra Nantumaurus, assim como da tese do Diarmuid cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Ter Jun 28, 2011 12:35 pm

Signatus escreveu:
A hora de Sertório foi uma das coisas mais deliciosas em que já pus a vista em cima! Infelizmente emprestei-o a um amigo meu com quem perdi o contacto Crying or Very sad
Gostava mesmo de o voltar a ler assim como aos restantes do autor (que não conhecia).
E fico à espera da tua obra Nantumaurus, assim como da tese do Diarmuid cheers

Das três obras que referi A hora de Sertório é de facto a mais bem construida e também a que tem melhor enrredo, embora as outras não lhe fiquem a dever muito!

Diarmuid enviei-te um PM ontem!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
RedHead
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Feminino
Aquário Dragão
N. de Mensagens : 2916
Idade : 28
Local : Olissipo/Liberalitas Julia
Raça : Elfo
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Urano (Céu/Elevação/Perfeição)
Cor : Preto

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Ter Jun 28, 2011 4:02 pm

Diarmuid escreveu:
Bom post Nantumaurus, tenho aqui a trilogia lusitana dele (A voz dos deuses, A hora de Sertório, Uma deusa na bruma). Se gostaste, aconselho-te também a checkar o Viriato de Teófilo Braga, também uma obra muito relevante nesta temática (até contêm referências ao Ogham num contexto lusitano, muito bom)


wow... Existem registos Ogham no nosso território, Diarmuid?

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dianarosa.wix.com/diana-rosa
Diarmuid
Mestre
avatar

Masculino
Capricórnio Porco
N. de Mensagens : 758
Idade : 33
Local : Almada
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Cinzento

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Qua Jun 29, 2011 1:39 am

RedHead escreveu:
Diarmuid escreveu:
Bom post Nantumaurus, tenho aqui a trilogia lusitana dele (A voz dos deuses, A hora de Sertório, Uma deusa na bruma). Se gostaste, aconselho-te também a checkar o Viriato de Teófilo Braga, também uma obra muito relevante nesta temática (até contêm referências ao Ogham num contexto lusitano, muito bom)


wow... Existem registos Ogham no nosso território, Diarmuid?

Não, o Teófilo Braga é que aprofundou o seu conhecimento sobre celtas para escrever o Viriato e incluiu detalhes sobre o Ogham.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RedHead
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Feminino
Aquário Dragão
N. de Mensagens : 2916
Idade : 28
Local : Olissipo/Liberalitas Julia
Raça : Elfo
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Urano (Céu/Elevação/Perfeição)
Cor : Preto

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Qua Jun 29, 2011 1:49 am

Diarmuid escreveu:
RedHead escreveu:
Diarmuid escreveu:
Bom post Nantumaurus, tenho aqui a trilogia lusitana dele (A voz dos deuses, A hora de Sertório, Uma deusa na bruma). Se gostaste, aconselho-te também a checkar o Viriato de Teófilo Braga, também uma obra muito relevante nesta temática (até contêm referências ao Ogham num contexto lusitano, muito bom)


wow... Existem registos Ogham no nosso território, Diarmuid?

Não, o Teófilo Braga é que aprofundou o seu conhecimento sobre celtas para escrever o Viriato e incluiu detalhes sobre o Ogham.


Ah! Ok, obrigada pelo esclarecimento. Smile

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dianarosa.wix.com/diana-rosa
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: João Aguiar    Qua Jun 29, 2011 10:37 am

RedHead, ontem passou uma fada de cabelo vermelho por mim, será que eras tu?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: João Aguiar    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
João Aguiar
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Brasileirinhas apresenta: Entrando nos portões quentes.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Folk Lusitânia :: Parte Sul :: Biblioteca-
Ir para: