Folk Lusitânia

Folk, Neo-clássico, New Age, World Music, Darkwave, Medieval, Música Étnica, Folk Metal, Symphonic Metal, Dark Ambient, Neofolk, Marcial.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 "A Google procura um remédio contra o radicalismo"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Averróis
Deus(a) da Lua (moderação)


Masculino
Sagitário N. de Mensagens : 3508
Idade : 817
Local : Córdoba

MensagemAssunto: "A Google procura um remédio contra o radicalismo"   Ter Jun 28, 2011 12:40 am



Citação :
"A Google procura um remédio contra o radicalismo"

Antigos neo-nazis, extremistas muçulmanos e membros de gangues estão reunidos na Irlanda

São antigos extremistas muçulmanos, neo-nazis e membros de gangues norte-americanos. Partilham um passado de ódio, mas agora estão reunidos em Dublin, na Irlanda, numa conferência organizada pela Google. O objectivo? Reflectir sobre o que viram e o que deixaram de ver nos grupos radicais e tentar perceber de que forma a tecnologia pode ajudar outros a encontrarem um futuro sem violência.

A iniciativa é do think tank Google Ideas, criado pela gigante tecnológico. Sob o olhar dos 120 pensadores, activistas, filantropos e empresários de sucesso que compõem o grupo de reflexão, os antigos radicais – a quem a Google chama “formers” (“ex”, “antigos”) – vão tentar encontrar elementos comuns nos seus trajectos de vida.

“Estamos a tentar reenquadrar temas como a radicalização e a tentar perceber como podemos usar a tecnologia”, disse Jared Cohen, antigo conselheiro do Departamento de Estado norte-americano para as áreas do contraterrorismo e radicalismo, citado pelo Washington Post.

Aos 29 anos de idade, Cohen decidiu trocar um cargo no Governo pela liderança do grupo de reflexão da Google. O argumento parece ser fácil de explicar: “A tecnologia faz parte de todos os desafios no mundo e faz parte de todas as soluções”, defende.

Apesar do entusiasmo e da confiança que transparecem de cada palavra de Jared Cohen, a iniciativa da Google não deixa de ter os seus detractores.

Joseph S. Nye Jr., professor da Universidade de Harvard especializado em teorias e aplicação do poder, considera que a iniciativa “poderá ser problemática – especialmente se for entendida como contrária à política externa dos Estados Unidos”.

Ainda mais incisivo é Christopher Boucek, do Carnegie Endowment for International Peace: “Nunca será possível transformar um jihadista radical num democrata Jeffersoniano – isso simplesmente nunca irá acontecer”. O problema, segundo Boucek, é encontrar uma resposta comum, já que as soluções “dependem de cada cultura e, até, de cada país”.

Mas a ideia da Google, ao juntar antigos radicais de várias proveniências, é precisamente descobrir se existe uma resposta comum, algo que una todos os extremistas, independentemente da sua religião, cultura ou nacionalidade.

Os resultados da reflexão só vão ser conhecidos na quinta-feira – último dia da reunião –, mas estão já pensadas algumas iniciativas, como uma campanha no YouTube e a criação de sites para fazer frente aos espaços mais radicais na Web.


@ http://www.publico.pt/Tecnologia/a-google-procura-um-remedio-contra-o-radicalismo_1500397


Opiniões relativamente a esta iniciativa?

_________________

· Website | Bandcamp | SoundCloud | Last.fm ·
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://undogmatic.net78.net/
Fundador (ex-Váli)
Deus(a) do Sol (administração)


Masculino
Áries Cobra
N. de Mensagens : 2041
Idade : 27
Local : Lisboa
Raça : Ent/Povo das Árvores
Elemento : Madeira
Deus : Poseidon (Mar/Ideologia/Sonho)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: "A Google procura um remédio contra o radicalismo"   Seg Set 12, 2011 11:00 pm

A diferença entre o activismo real e o virtual é que na rua podes escrever frases na parede de borla (bem tens de pagar o spray)

Movido para a nova secção de noticias
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://folklusitania.heavenforum.com
Urânia
Rei/Rainha


Feminino
Câncer Tigre
N. de Mensagens : 1298
Idade : 30
Raça : Elfo
Elemento : Ar
Deus : Urano (Céu/Elevação/Perfeição)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: "A Google procura um remédio contra o radicalismo"   Seg Set 12, 2011 11:56 pm

Parece-me uma iniciativa interessante. Não há duvida que a google tem dado novos impulsos à criação de novas respostas tecnológicas e neste momento tem condições favoráveis à divulgação de actividades filantropicas que possam melhorar a socidade e o mundo.
No entanto liberdade de informação não é um bem comum.
E uma das razões para existirem culturas extremistas no mundo, é precisamente a falta de acesso à informação, ou a instrução deficiente e tendenciosa que torna a visão das pessoas muito limitada. Ora, nesse campo, não sei como é a google pode chegar a essas pessoas, visto que muitas delas talvez nem sonhem o que é um computador (quanto mais internet ou google). De qualquer modo, de grão a grão se enche a galinha ao papo, e talvez se possa mudar algumas mentalidades.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fundador (ex-Váli)
Deus(a) do Sol (administração)


Masculino
Áries Cobra
N. de Mensagens : 2041
Idade : 27
Local : Lisboa
Raça : Ent/Povo das Árvores
Elemento : Madeira
Deus : Poseidon (Mar/Ideologia/Sonho)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: "A Google procura um remédio contra o radicalismo"   Ter Set 13, 2011 1:32 am

Eu acho que a google deveria de fazer sparys e muros virtuais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://folklusitania.heavenforum.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: "A Google procura um remédio contra o radicalismo"   Hoje à(s) 12:50 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
"A Google procura um remédio contra o radicalismo"
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» bidy TENTA SE PASSAR POR DEZ MERREIS NO GOOGLE
» Treino contra Monstro| Ashley D' Coracíon
» Procura-se Programador de Leilão por Centavos
» [Avaliem] Capa e contra capa de um caderno!
» RIR É O MELHOR REMÉDIO

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Folk Lusitânia :: Parte Sul :: Templo do Conhecimento :: Notícias-
Ir para: