Folk Lusitânia

Folk, Neo-clássico, New Age, World Music, Darkwave, Medieval, Música Étnica, Folk Metal, Symphonic Metal, Dark Ambient, Neofolk, Marcial.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Os callaeci ou gallaeci

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Os callaeci ou gallaeci   Ter Jul 05, 2011 11:32 pm

Os callaeci



Sábios na adivinhação pelas entranhas, penas,
e chamas, mandou a rica Galécia seus jovens,
que agora ululam as canções bárbaras de sua língua,
pisoteando a terra batida, a pés alternados,
e acompanhando o feliz número com os seus escudos ressoantes.

(Em o épico Punica, por Sílio Itálico, século I d.C.)

Os galaicos (callaeci ou gallaeci, em latim e kallaikoi em grego), também conhecidos por calaicos, eram um conjunto de tribos celtas (Aidwoi, Albioni, Arronioi, Baniensses, Brassioi, Brigantini, Cilenos, Koukoi, Límios, Nerioi, Sewroroi, Túrodes, Artabroi, Zoelae, Abobrigoi, Artodioi, Bracaroi, Ekwesioi, Interammikoi e Kalaikoi) que habitavam o noroeste da península Ibérica, região que corresponde hoje em dia ao espaço geográfico que abrange o norte de Portugal, a Galiza, as Astúrias e parte de Leão. Sem duvida alguma o povo que ocupou território hoje português que mais vestigios deixou para a posterioridade. Através destes entendemos a forte ligação dos povos ibéricos com a cultura celta.


Os seus povoamentos designados por castros eram povoados fortificados situados num lugar estratégico para facilitar a defesa da população. Tinham também que dispôr de acesso fácil a recursos alimentícios e água, pelo que se situavam habitualmente entre a zona de montes e prados e a de bosque e cultivos. Existiram castros de muitos tamanhos e tipos; entre estes destacam-se os da costa e os do interior.
As plantas destes assentamentos são redondas: mais ou menos circulares ou ovaladas. No seu interior as construções, nas quais também dominam as formas circulares ou elípticas, distribuem-se sem ordem aparente, ainda que é possível que existisse algum tipo de organização e que os agrupamentos respondessem a algum tipo de função que se desconheça hoje.
Ainda que não se sabe exactamente o seu número; a quantidade total, para todo o território do noroeste, devia rondar os 4000 ou 5000, o que indica uma elevada densidade de povoação para a época.

"Durante dois terços do ano, os castrejos alimentam-se de bolotas, que secam e trituram e, depois, moem para fazer pão, que conservam por muito tempo."



Dos galaicos sabe-se que trabalhavam o ouro, o ferro, o bronze e o barro.


Os povos castrejos (já conhecidos pelos Gregos com o nome de "Kallaikoi", ou seja, Galaicos) foram definitivamente derrotados pelos Romanos no ano 19 a.C., invadidos desde a Lusitânia pelas tropas de Décimo Júnio Bruto, o Galaico. As teorias mais divulgadas falam da origem do seu nome como sendo dado pelos romanos por terem sido a primeira tribo que enfrentaram, na zona de Cale e, pela sua braveza e espírito guerreiro, viu estendida a sua designação às outras tribos galaicas do Noroeste Peninsular. Outra teoria tem vindo a ganhar aceitação, nos tempos mais actuais. Esta relaciona os Callaeci com Cailleach, a deusa-Mãe dos Celtas, por estes serem adoradores desta divindade





Religião

Embora pouco se conheça sobre as suas práticas relegiosas, se tinham alguma classe sacerdotial ou não, o certo é que o símblo abaixo era uma precensa constante em toda esta cultura. O trisquel é e era um simblo mágico com três braços girando em sentido contrário aos ponteiros dos relógios que simbolizava a continuidade da vida e do crescimento espiritual, o fluir constante do processo natural com um triplo significado místico entre os povos celtas que unia o fisico, o mental e o espiritual, sendo o três um número mágico para eles e origem do que posteriormente o cristianismo adoptaria como "Santíssima Trindade": Um só deus com três formas.




Os seus principais Deuses

BANDUA (BANDUE, BANDUJE) – Este seu carácter de Deus masculino, é o protector dos territórios e das localidades. Ele é quem ordena e faz por cumprir as leis tradicionais estabelecidas.

BANDOGA (BANDONGA) - É uma divindade importante no norte da Lusitânia. É o carácter feminino da divindade, é a protectora da tribo e da família, quem ordena e faz as leis.

BANDERAEICUS - É uma outra adoração do deus Bandua.

BANDIOILENAICO - É uma outra manifestação do deus Bandue no norte da Lusitânia.

BANDUEAETOBRIGUS - É mais uma outra natureza do Deus Bandue.

BANDUS (BANDI, BANDE, BANDA, BAND) – É uma divindade importante venerada pelas tribos da federação Galaica no norte da Lusitânia. É esta divindade quem ordena e faz as leis.

NABIA (NABICA, NAVIA, NABIAE) – Deusa mais importante no norte da Lusitânia. É uma Deusa fertilizadora da natureza, das águas, fontes e rios, assim como dos bosques. Está casada com o Deus Coronus.

REVA (REUA)– É uma manifestação feminina do deus REVE. O seu carácter Feminino é Reua, o seu carácter masculino é Reue. Tanto personifica a Mãe deusa da vida e da morte como protege os homens e é o protector dos mundos.

REVE (REUE, RAUUE, REUS)– É a divindade mais importante de todo o Panteão supranacional Galaico-Lusitano original. Ele personifica, como o Grande Espírito masculino da Natureza que protege os homens e os mundos.

CORONO (CORONUS)– Deus cornudo coroado nos mundos subterrâneos, está ligado à guerra e à morte. É o esposo da Deusa Navia. Adorado pelos Calaicos.
Outros Deuses

AERNO (AERNUS)– Deus poderoso do norte da Lusitânia. É o Deus do Tempo e das Tempestades e principalmente é o Senhor dos ventos do norte.

BORMANICO (BORMO, BORMANICUS) – Deus tutelar das águas termais. Está ligado às águas, ao dilúvio, à catástrofe e à morte. As águas possuem a virtude da purificação, do renascimento e da revelação. É uma divindade do oceano primordial e era adorado perto de Guimarães.

CUSUNENEAECUS (CUSUNENEOECUS) - Deus guerreiro venerado pelos Calaicos.

TAMEOBRIGO (TAMEOBRIGUS) – Deus poderoso, protector dos doentes e acompanhante dos defundos. Também é adorado como um Deus guerreiro da guerra, da caça e das florestas dos Calaicos.

TONGOENABIAGO (TONGE, TONGO, TONGENABIAGO, TONGOENABIACO, TONGAE, TONGOENABIAGUS, TONGOE NABIAGOI) – Deus dos Brácaros Calaicos, aquático das fontes e dos juramentos que se faziam a ele junto das fontes da sua invocação. É também um Deus fertilizador.

TURIACO (TURIACUS, TURIAGO, COSUS TURIACUS)– Deus muito poderoso venerado no norte da Lusitânia pela tribo dos Gróvios Calaicos. É o Deus do Poder, é o Senhor da Guerra e o Rei do seu Povo adorador.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Galaicos

http://revvane.com.sapo.pt/panteaodeus.html

Fotos: Retiradas da Net
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: Os callaeci ou gallaeci   Sab Jul 16, 2011 12:59 am

Vejam bem este excelente video no qual tropeçei quando andava pelo youtube!
Espero que apreciem a viagem! Wink

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Signatus
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Masculino
Virgem Dragão
N. de Mensagens : 2724
Idade : 28
Local : Ofiussa
Raça : Lobitroll
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Deméter (Terra/Natureza/Estações)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: Os callaeci ou gallaeci   Sab Jul 16, 2011 8:26 pm

Gostei! Até teria tendência a simpatizar com a causa Gallaica mas não gosto é do facto que se esses conseguissem levar a deles avante Portugal ficaria dividido em dois e teria de escolher entre o Alentejo ou o Norte (com o meu Gerês) Sad

É verdade, viste os e-books que te mandei por mensagem?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nantumaurus
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
Aquário Cavalo
N. de Mensagens : 300
Idade : 39
Local : Lusitania
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: Os callaeci ou gallaeci   Sab Jul 16, 2011 9:52 pm

Signatus escreveu:
Gostei! Até teria tendência a simpatizar com a causa Gallaica mas não gosto é do facto que se esses conseguissem levar a deles avante Portugal ficaria dividido em dois e teria de escolher entre o Alentejo ou o Norte (com o meu Gerês) Sad

É verdade, viste os e-books que te mandei por mensagem?

É muito bonito preservar a nossa ancestralidade e manter a etnologia, mas quer queiramos quer não somos todos portugueses, assim o ditou a historia e a roda do tempo. O nosso país foi abençoado pela deversidade de etnias e povos que estão na sua origem, unidos devemos preservar o que é nosso!
Não, não vi, vou ver agora, obrigado!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lusitaniaecastrum.blogspot.pt/
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Os callaeci ou gallaeci   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Os callaeci ou gallaeci
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Folk Lusitânia :: Parte Sul :: Templo do Conhecimento :: Historia e Mitologia-
Ir para: