Folk Lusitânia

Folk, Neo-clássico, New Age, World Music, Darkwave, Medieval, Música Étnica, Folk Metal, Symphonic Metal, Dark Ambient, Neofolk, Marcial.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Acerca da guerra da Líbia, do fim do regime e da morte de Khadafi.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Aelle
Mestre


Masculino
Libra Porco
N. de Mensagens : 748
Idade : 33
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Acerca da guerra da Líbia, do fim do regime e da morte de Khadafi.   Dom Out 23, 2011 8:05 pm

Bom, a guerra na Líbia foi, pelo menos nesta primeira fase, vencida pelas forças imperialistas da NATO. Apesar da cortina de fumo propagandística que pinta uma espécie de forças revolucionárias democráticas líbias, à lá Che Guevara, nada disso é assim tão simples. No entanto, ainda que fosse esse o caso esses indivíduos ao pedirem a intervenção de uma organização agressiva, imperialista, repito, um braço armado terrorista, coberto com litros de sangue ao longo das décadas, sempre ao serviço dos interesses geostratégicos e económicos dos condores e falcões norte-americanos, fascistas e sionistas, revelam bem a sua natureza.

Não passa de escumalha.

Aqueles que apoiam e aplaudem estes movimentos, percursores de regimes fantoche obscuros merecem a minha pena pela sua ignorância, ou o meu desprezo, pela sua falta de carácter.

Esses indivíduos, os Rebeldes Mercenários da Nato, ao tratarem Khadafi daquela forma, deviam repudiar, assustar, enojar cada cidadão alegadamente progressista, humanista e defensor da liberdade e da dignidade. Dos (lol!) "Direitos Humanos".

Sim, Khadafi foi executado, a sangue frio. E depois, o seu corpo foi alvo de chacota, de desrespeito, de agressões, de risos, de gozo. Qualquer Ser Humano que ainda tenha alguma esperança na sua espécie devia chorar perante tais imagens. Que nojo.

Ah sim, a perfeita ironia que normalmente acompanha estas "libertações democráticas": O Khadafi foi deposto porque era... um tirano sanguinário, bárbaro e assassino, e bla-bla.

Bom, como dizem os americanos (nem todos são maus!), I guess it takes one to know another.

Sim, aquelas gargalhadas horripilantes daqueles verdadeiros chacais, ante o cadáver ensanguentado de um homem, arrepiaram-me. Segundo os jornalistas, há parte da população, que, quais abutres, deseja fazer peregrinações ao cadáver de Khadafi para o enxovalharem.

É esta gente que foi privada de "Direitos Humanos"?

Pois eu espero bem que sim, e lamento que estejam agora soltos.

É esta gente que é humana e moralmente superior ao Khadafi? Certamente que não.

Há que mencionar que a Líbia era um dos países mais progressistas dentro do Mundo Islâmico, no que toca a direitos das mulheres, por exemplo. Quanto a Khadafi: lamento a morte de um homem que tombou em combate, e que lutou contra o terrorismo Israelita, esse sim, ceifador cego e frio de vidas palestinianas inocentes. Vamos ver se o novo "Governo" Líbio se preocupa com isso. Ou se o deixam preocupar-se...

Parabéns, Israel. Tens menos um adversário.

Quanto à patetice daquilo a que chamamos "Democracia". Ela NÃO existe em local nenhum. Em alguns países os manipuladores dos fantoches são mais discretos e subtis, é tudo.

Menção Histórica: A Líbia é um dos países mais antigos do mundo, e está submetida a uma realidade tribal extremamente agressiva, com a qual é muito difícil de lidar. Khadafi a dada altura propõs a união da Líbia com o Egipto e a Síria numa República Federal Árabe. Era um homem inteligente, que, naturalmente, sabia que era necessário pulso de ferro para lidar com certas realidades.

Não subscrevo o regime dele, certamente. Apenas o contextualizo no tabuleiro geoestratégico planetário. Mas creiam nisto: O mundo não está mais livre com esta nova e mercenária Líbia.

Para acabar, saúdo a intervenção de Paulo Portas ao não se regozijar com "a morte de outro Ser Humano".

E, principalmente, pergunto-me se, aquele que já foi identificado (e louvado) como assassino de Khadafi será julgado ao abrigo de alguma lei. Suponho que a Nova Líbia Democrática seja um Estado de Direito, e que os homicídios e execuções sumárias sejam ilegais? Entre outros crimes que foram cometidos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Averróis
Deus(a) da Lua (moderação)


Masculino
Sagitário N. de Mensagens : 3508
Idade : 817
Local : Córdoba

MensagemAssunto: Re: Acerca da guerra da Líbia, do fim do regime e da morte de Khadafi.   Dom Out 23, 2011 9:10 pm

A NATO é de facto uma organização com muito sangue (de inocentes) nas suas mãos. Relembro por exemplo o bombardeamento de Belgrado nos anos 90: http://pt.euronews.net/2009/03/23/10-anos-sobre-o-bombardeamento-de-belgrado/
A título de exemplo: uma amiga minha teve bombas a cair-lhe ao lado que só não a mataram por alguns metros. E ela não é certamente um alvo a abater, era uma criança na altura.

Acho incorrecto assassinarem o Kadafi. Ele deveria ter sido capturado, levado a tribunal para ser julgado pelos seus crimes, ser confrontado com as provas que existem contra ele.
Pergunto-me que tipo de julgamento é este onde uma pessoa leva um tiro na cabeça de forma sumária e passa a ser, tanto quanto podemos apurar, inexistente, sem poder demonstrar qualquer capacidade de reflexão sobre o que se fez, sem se apurar concretamente quais os crimes cometidos através dos trâmites legais da justiça (nem que seja uma justiça a título internacional, da mesma forma que se organizou o julgamento de Nuremberg).
Este tipo de justiça medievalesco não é o tipo de justiça que devemos ter no mundo. Tem de haver seriedade e uma devida jurisprudência de quem aplica o julgamento.

Sou totalmente a favor da chamada "Primavera Árabe", mas sou contra este tipo de "resolução" dos problemas. Primeiro porque nos esquecemos que isto é uma luta dos povos dos países envolvidos e não dos interesseiros da NATO e segundo porque se realmente queremos justiça, não podemos renunciá-la quando é a "nossa" vez de a aplicar devidamente.

Para terminar: espero que não vá para lá um fantoche tipo um novo Pinochet.

_________________

· Website | Bandcamp | SoundCloud | Last.fm ·
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://undogmatic.net78.net/
 
Acerca da guerra da Líbia, do fim do regime e da morte de Khadafi.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Guerra de centavos: arremata, mas não recebe!
» [FanFic]A Guerra em Marineford (versão players do fórum. )
» [MMORPG] Guerra Imperial
» Jogo Arte Da Guerra
» A Guerra dos Anjos - A Destruição (Nome pode ser mudado, de idéias para nome)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Folk Lusitânia :: Parte Sul :: Templo do Conhecimento :: Notícias-
Ir para: