Folk Lusitânia

Folk, Neo-clássico, New Age, World Music, Darkwave, Medieval, Música Étnica, Folk Metal, Symphonic Metal, Dark Ambient, Neofolk, Marcial.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Urânia
Rei/Rainha
avatar

Feminino
Câncer Tigre
N. de Mensagens : 1298
Idade : 31
Raça : Elfo
Elemento : Ar
Deus : Urano (Céu/Elevação/Perfeição)
Cor : Verde

MensagemAssunto: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Qui Jan 05, 2012 3:19 pm

Bem a culpa é do Aelle que me reavivou um momento traumático de 5min, uma hora depois da meia noite, chegámos a casa de um amigo nosso, e ligou-se a TV, na tvi... Eu já não via a cara da Teresa Guilherme há tanto tempo, está tão envelhecida, e os programas dela continuam o mesmo degredo de sempre.
Aelle escreveu:
Vou citar um cidadão anónimo, que me fez rir até às lágrimas, com esta sua brilhante e expressiva descrição da apresentadora Teresa Guilherme (e sua entidade patronal), que eu li algures aqui na net:

"Esta gaja realmente não é burra. Antes fosse! Burros são cem vezes mais inteligentes que esta sebosa cadavérica. A "mulher" na sua forma mais disforme, seborreica e imunda. Uma televisão, ou instituição, que tem semelhante funcionário é uma retrete putrefacta em decomposição, o local de reunião dos asnos e dos porcos. Eis a rainha do nojo, contemplai-a. Torta de cara e vazio de cérebro. Partilha bem o trono com o seu queijando igual do Malato. "Os dois no trono" já. Reles pimbalhada asquerosa.... E partilham a nacionalidade do grande Camões, do Jorge de Sena e Manuel Cardozo. Que desgraçado país que no seu seio nascem seres tão repugnantes. A abortice mental e ****ltural no seu esplendor. Pobre Portugal, aonde chegaste??? "

Isto está brilhante.
Ligar a televisão é um gesto que desaprendi felizmente. Deixei de ver completamente televisão, não via nenhuma série, e até evitava filmes... (foi a minha rebeldia dos 16 anos...) Isto porque enjoei: vi algumas telenovelas na tv em mais nova, e quando cheguei aos 15/16 anos, já sabia o enredo e as falas de cor.

Bem eu sei que não deve haver assim muito para se discutir em relação ao lixo televisivo que passa todos os dias nos nossos canais (e aqui refiro-me concretamente à RTP, SIC e TVI), mas aproveito a abertura deste tópico para cada membro do fórum exprimir à sua vontade o que pensa sobre a televisão.

Pessoalmente, o que me espanta mais é que geralmente as pessoas não ligam a televisão porque gostam do que vão ver, mas por causa do vício ou apenas para ter ruído de fundo! (God... prezo tanto o silêncio ou a minha música) E aqui se encontram pessoas da minha geração, não apenas idosos. Suspect Suspect affraid
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Benito
Guerreiro/Guerreira
avatar

Masculino
Touro Cavalo
N. de Mensagens : 35
Idade : 27
Local : Porto
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Branco

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Qui Jan 05, 2012 4:31 pm

Felizmente que te afastas-te dessa "caixa de ilusoes" de facto ja foi mais apreciador de televisao a medida que o tempo foi passando vi que nao passava de tempo perdido nao julgo quem assiste cada um faz o que quer mas que nao desenvolve em nada nao mesmo ha quem diga que se aprender com a televisao e nao digo que nao mas nao vou ficar a circular entre os canais ate aprender alguma coisa Very Happy

Quando vi a reportagem Zeitgeist ha uma referencia num discurso por parte de um homem cujo nao recordo o nome, sobre a televisao precisamente e mal que tem na questao de ser um "instrumento" para passar o tempo e muitas vezes para puder nos distrair digamos para nao nos preocuparmos muito com o estado do país e ate mesmo do mundo, por isso acredita é um tema a ter em questao Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/profile.php?id=100001218851800
Ceinwyn
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Feminino
Leão Tigre
N. de Mensagens : 3936
Idade : 31
Raça : Gárgula
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Ares (Guerra/Heroísmo/Conquista)
Cor : Vermelho

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Qui Jan 05, 2012 4:48 pm

Vivi alguns anos sem TV, o que me fez perder quase por completo o hábito de a ligar.
Actualmente, dos 4 canais generalistas, só costumo ver os filmes ou concertos da RTP2. De resto, vejo apenas certos canais de informação onde ainda encontro jornalismo com interesse ou algum filme que me agrade.

A obsessão com os lucros imediatos tem levado ao corte geral de fundos nas televisões e, no dinheiro que sobra, à transferência dos programas de qualidade e do bom jornalismo para o sensacionalismo e os formatos da Teresa Guilherme e companhia. Daí que se procure informação cada vez mais na internet e menos na televisão. Pessoalmente, faz-me bastante confusão ver os noticiários tradicionais que temos, onde se consegue despachar toda a actualidade mundial em 5 minutos para dar meia-hora de directo sobre a família deportada do Canadá ou sobre a última conferência de imprensa do Mourinho.

_________________

Certe canzoni attraversano le mura con sacre ironie e parlano, senza parole, quell'unica lingua ch'è il suono.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Averróis
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Masculino
Sagitário N. de Mensagens : 3508
Idade : 818
Local : Córdoba

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Qui Jan 05, 2012 4:58 pm

Bem eu já deixei por escrito aqui no fórum varias vezes que para mim a TV é quase como se não existisse. O pouco que me chega aos ouvidos ou aos olhos chega normalmente de forma passiva e entra por um lado e sai pelo outro. Há outras pessoas que querem ver televisão e têm esse direito, não faz sentido eu impor que a televisão fique desligada para os outros também.

Pessoalmente, acho que os conteúdos televisivos costumam ser muito pouco apelativos, salvo algumas excepções que eu até possa tolerar, como por exemplo canais de documentários - o Odisseia costuma ter documentários interessantes.
Quanto ao resto... Reality shows, novelas, series, filmes típicos, canais de música fétidos, etc... Tudo isso é merecedor do meu mais pronunciado desprezo. Não me interessa simplesmente, e 5 minutos a olhar para um canal desses costuma ser tortuoso, no mínimo.
Para mim a televisão está morta e enterrada.

Reconheço, porém, que a internet pode ser tão má ou pior, dependendo dos conteúdos que as pessoas consultam, portanto também não digo que a internet seja SEMPRE uma melhor alternativa, pois ela também tem o melhor e o pior, o mais apelativo e o menos apelativo. E isso tem de ser reconhecido.

Benito escreveu:
Quando vi a reportagem Zeitgeist ha uma referencia num discurso por parte de um homem cujo nao recordo o nome, sobre a televisao precisamente e mal que tem na questao de ser um "instrumento" para passar o tempo e muitas vezes para puder nos distrair digamos para nao nos preocuparmos muito com o estado do país e ate mesmo do mundo, por isso acredita é um tema a ter em questao Smile

Essa parte é um bocado do filme "The Network", de 1976.


_________________

· Website | Bandcamp | SoundCloud | Last.fm ·
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://undogmatic.net78.net/
Schatzi
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
N. de Mensagens : 221
Raça : Dragão
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Apolo (Sol/Medicina/Profecia)
Cor : Branco

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Qui Jan 05, 2012 10:30 pm


Quanto à ideia da televisão ser "instrumento" para passar o tempo e muitas vezes para puder nos distrair digamos para nao nos preocuparmos muito com o estado do país e ate mesmo do mundo está incompleta. Digo incompleta porque ocorre em todos os media aos quais eu designo de passivos (TV, radio e alguns jornais). Pode-se dizer que a TV é o que dá mais desinformação extensa por excelência (melodramas, comentários otários de pivots da tv, comentadores de frases de jogadores de futebol e treinadores, períodos de autopromoção dos canais ou dos seus patrocinadores), seguido dos períodos de comentadores de futebol na radio, jornais desportivos e ao querido Correio da Manha.
Isto deve-se principalmente às audiências.Por outro lado os produtores/elaboradores desses media,também não ajudam porque trata-se um comercio que procura dar lazer/prazer ao consumidor do que um serviço informativo. Mote passou a ser APELAR do que INFORMAR. Misturam-se noções com emoções. Basta só ver alguns repórteres de campo da TV com orgasmo verborreico sem conteúdo ou redundantes, ou a poesia dos comentadores de futebol que parecem estar a instruir leigos nos Lusíadas.

E como é óbvio nenhuma das partes cede. O divulgador porque é inerte dado as circunstâncias serem lhe benéficas (não precisa de ser esforçar muito em procurar informar convenientemente, basta apelar e dar muito sencionalismo e ainda se pode autopromover e por uns livritos à venda para ver se alguem os compra). O receptor porque é passivo ou é pouco instruido. E este ciclo continua e pode ser uma boa explicação de como existe tanto lixo na Internet também


[A Teresa Guilherme ainda está na tv? (Isto demonstra o meu contacto com a TV que é bastante frequente)]
[...De facto o Odisseia é bom mas só basta ver 2 dias por mês porque repete muito os programas]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Signatus
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Masculino
Virgem Dragão
N. de Mensagens : 2724
Idade : 29
Local : Ofiussa
Raça : Lobitroll
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Deméter (Terra/Natureza/Estações)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Qui Jan 05, 2012 10:48 pm

LOL, todos os vossos sonhos vão tornar-se realidade:

http://www.ionline.pt/portugal/aprenda-ser-apresentador-professora-teresa




Televisão? Vocês ainda vêm disso? affraid
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
CalamityJane
Burguês/Burguesa
avatar

Feminino
N. de Mensagens : 65
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Seg Jan 09, 2012 2:29 pm

Cada vez mais me questiono porque tenho tvcabo, uma vez que 90% do que vejo saco da Internet e uso mais a tv para ver essas séries e filmes. Mas tentem lá por um serviço de fibra sem terem que gramar com o plano de TV.

TV nacional não vejo. Ponto Final. Recuso-me terminantemente a ver o degredo que se passa nos canais abertos. Aliás, as únicas ocasiões em que podem ver a minha tv sintonizada em algum desses canais é quando os meus pais estão de visita para jantar/almoço e exigem ver as notícias ou qualquer outra treta do género.
E devido a isto só a semana passada é que me deparei com a Judite de Sousa na TVI. De repente tive a sensação que alguem estaria a gozar comigo...foi um momento dissociativo do melhor que há.

Enfim, tento não julgar quem perde horas a ver telenovelas, casas dos segredos, preços certos e coisas que tais. Cada um sabe de si, mas a verdade é que mais vale mesmo ficar a olhar para a parede do que perder tempo com essas coisas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Drone
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
N. de Mensagens : 247
Raça : Espectro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Preto

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Seg Jan 30, 2012 1:12 am

Quer queiramos quer não, acho que temos que admitir que os nossos três “principais” canais (excluindo daqui a RTP2) limitam-se a oferecer o que as pessoas querem ver. É uma espécie de fenómeno “pescadinha de rabo na boca”, as pessoas consomem toda a porcaria que a televisão lhes dá, logo esta brinda-nos com novas doses da mesma porcaria.
Enfim, mas no meio do degredo, volta e meia aparece qualquer coisa capaz de surpreender. No que passa hoje em dia nos nossos canais, creio ser esta a única série que faço por não perder um episódio:



Na minha opinião está extremamente bem conseguida, não sei se aqui alguém a acompanha mas recomenda-se vivamente. Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ceinwyn
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Feminino
Leão Tigre
N. de Mensagens : 3936
Idade : 31
Raça : Gárgula
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Ares (Guerra/Heroísmo/Conquista)
Cor : Vermelho

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Sex Jul 06, 2012 11:34 pm

Citação :
Programa do dia 9 de julho 2012

QUEM SOMOS NÓS?

É a grande resposta que o mundo esperava!
A descoberta da primeira partícula muda a ideia que temos do universo.
Nada será como dantes.
Mas qual é a verdadeira importância do Bosão de Higgs?
Como interfere na nossa vida... na nossa consciência.... e mais que tudo... NA EXISTÊNCIA DE DEUS.
Cientistas, homens de Deus e filósofos, todos juntos no maior debate da televisão portuguesa.
Quem somos nós? Prós e Contras 2ª feira à noite na RTP1.

por: Equipa Prós e Contras


http://ww1.rtp.pt/icmblogs/rtp/pros-contras/



_________________

Certe canzoni attraversano le mura con sacre ironie e parlano, senza parole, quell'unica lingua ch'è il suono.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kraft durch Freude
Herói/Heroína mitológic@
avatar

N. de Mensagens : 2053
Raça : Ent/Povo das Árvores
Deus : Ares (Guerra/Heroísmo/Conquista)

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Sab Jul 07, 2012 5:47 pm

Ceinwyn escreveu:


Porquê? Até fiquei curioso para ver quais se espalham mais ao comprido. Laughing Para já aposto na peixei... Apresentadora. Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ceinwyn
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Feminino
Leão Tigre
N. de Mensagens : 3936
Idade : 31
Raça : Gárgula
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Ares (Guerra/Heroísmo/Conquista)
Cor : Vermelho

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Sab Jul 07, 2012 5:51 pm

Kraft durch Freude escreveu:
Ceinwyn escreveu:


Porquê? Até fiquei curioso para ver quais se espalham mais ao comprido. Laughing Para já aposto na peixei... Apresentadora. Razz
À conta do que já ouvi e li sobre isto, estou a ficar sem cara de tanto facepalm. Temo que um Prós e Contras seja demais para o meu pobre coração Razz

_________________

Certe canzoni attraversano le mura con sacre ironie e parlano, senza parole, quell'unica lingua ch'è il suono.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Averróis
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Masculino
Sagitário N. de Mensagens : 3508
Idade : 818
Local : Córdoba

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Sab Jul 07, 2012 7:42 pm

Ceinwyn escreveu:
Kraft durch Freude escreveu:
Ceinwyn escreveu:


Porquê? Até fiquei curioso para ver quais se espalham mais ao comprido. Laughing Para já aposto na peixei... Apresentadora. Razz
À conta do que já ouvi e li sobre isto, estou a ficar sem cara de tanto facepalm. Temo que um Prós e Contras seja demais para o meu pobre coração Razz


_________________

· Website | Bandcamp | SoundCloud | Last.fm ·
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://undogmatic.net78.net/
Ceinwyn
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Feminino
Leão Tigre
N. de Mensagens : 3936
Idade : 31
Raça : Gárgula
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Ares (Guerra/Heroísmo/Conquista)
Cor : Vermelho

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Qui Set 20, 2012 1:17 pm

Hoje na RTP1 às 21.00, o programa Linha da Frente vai ser sobre o Tiago Pereira e o seu trabalho de recolha de música tradicional.

http://www.rtp.pt/programa/tv/p28496/e17

Citação :

“Atrás dos Cantos” é uma incursão pelos sons de Portugal conduzida pelo jovem realizador Tiago Pereira.
Tiago é um apaixonado pelos cantares portugueses. Criou um site a que chamou “A música Portuguesa a gostar dela própria” e fez-se à estrada. De mochila às costas e de tripé na mão, aventura-se de autocarro por esse país fora. Grava em vídeo e em áudio os sons da nossa terra que desta forma vão ficar para a posteridade.
O Linha da Frente acompanhou Tiago até ao Alentejo e ficou surpreendido com os “artistas”, os seus cantares e as suas estórias. São retratos que se cruzam com a história contemporânea de Portugal.
“Atrás dos Cantos” é uma reportagem de Mafalda Gameiro, com imagem de Jaime Guilherme, edição de imagem de Paulo Nunes e pesquisa de Luísa Vaz.

_________________

Certe canzoni attraversano le mura con sacre ironie e parlano, senza parole, quell'unica lingua ch'è il suono.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kraft durch Freude
Herói/Heroína mitológic@
avatar

N. de Mensagens : 2053
Raça : Ent/Povo das Árvores
Deus : Ares (Guerra/Heroísmo/Conquista)

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Sex Fev 01, 2013 6:07 pm

Ceinwyn escreveu:
Hoje na RTP1 às 21.00, o programa Linha da Frente vai ser sobre o Tiago Pereira e o seu trabalho de recolha de música tradicional.

http://www.rtp.pt/programa/tv/p28496/e17
Acabei agora de ver isto. Está uma boa aproximação para o público "mainstream" da RTP. Achei engraçado como as duas formas de captar a realidade se cruzam, a do Tiago e a da repórter da RTP. Dá quase a sensação de que os dois estilos se fundem ao longo da reportagem.


Relativamente ao tema inicial do tópico, que estou há meses para comentar: eu sou mais um dos que deixou de ver televisão com alguma regularidade há já muitos anos. Provavelmente desde o fim do Dragon Ball. Razz
Sim, a vacuidade dos conteúdos é um motivo muito forte para a perda de interesse. O facto de com a Internet podermos escolher o que queremos ver ou fazer quando queremos, é outro. E, tal como foi dito, tudo isto provoca um efeito bola-de-neve de deterioração da qualidade dos conteúdos dos media tradicionais.

Por outro lado, não posso deixar de dar o braço a torcer a uma das funções que a TV ainda pode desempenhar. Depois de um dia, uma semana, um mês de trabalho cansativo e durante o qual demos imenso de nós e, muitas vezes, não recebemos reconhecimento, muitas vezes apetece "desligar o cérebro". E aqui a TV cumpre uma função alienadora e afastadora da realidade que pode ser interessante. Nessas alturas sinto que as alternativas como a Internet, ler um livro ou afins, requerem mais do meu cérebro; como se exigissem uma presença mais activa, mais "acordada". A TV tem o poder de desligar a necessidade de raciocínio, adormece-nos e leva-nos para outros locais sem esforço da nossa parte. Claro, é triste que os conteúdos careçam de qualidade, mas penso que continua a haver espaço para "Preços Certos" (um dos programas que para mim melhor desempenha a tal função de afastamento da realidade) --- são estúpidos? Sim. Não aprendo nada com eles? Não. Mas é precisamente isso que quero fazer quando o vejo. Parar um pouco e deixar o meu cérebro descansar.

Quanto a Casas dos Segredos e programas do estilo Big Brother, sempre foram formatos que me fizeram muita confusão. Por mim não me incomodaria nada que fossem proibidos. Não fazia mal a ninguém que a glorificação pública e em antena aberta da decadência moral, da falta de respeito e o constante desprezo pela integridade dos outros acabassem de uma vez por todas. Não vejo como é que estes programas se podem enquadrar como "entretenimento".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Urânia
Rei/Rainha
avatar

Feminino
Câncer Tigre
N. de Mensagens : 1298
Idade : 31
Raça : Elfo
Elemento : Ar
Deus : Urano (Céu/Elevação/Perfeição)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Qui Fev 07, 2013 1:21 am

Eu acho que o maior problema é a questão da pouca variabilidade/diversidade que aparece nos 3 canais da televisão (RTP, SIC, TVI) e o facto de ser tudo igual, em simultâneo.

Ora vejamos:

O programa da manhã, é igual nos 3 canais.
O Jornal das 13h todos à mesma hora.
O programa da tarde, será igual nos 3 canais.
Depois novela, nos 2 ou 3 canais.
Depois telejornal da noite às 20h, nos 3 canais.
Depois MAIS novelas nos 3 canais.
Depois lá para as tantas... 12h, é que aparece um filme! talvez!

Pouco estou a falhar.... (e não vejo televisão..estou a calcular)

As grelhas televisivas deviam ser diferentes em cada dia da semana, podendo manter-se o jornal às 13h e às 20h. Mas o resto do conteudo, não tinha que ser igual todos os dias da semana:

Um documentário às 16h de segunda, um filme às 15h da tarde de quarta-feira, um programa parvo na 5a feira às 11h, e uma telenovela às 9h da manhã de terça feira.... E em cada canal, coisas diferentes! Imaginem só como seria... as pessoas podiam escolher! sunny
Não: a televisão portuguesa é igual em todos os canais! Não dá escolha. No No No

Eu digo-vos, espero mesmo que a rtp1 seja privatizada, porque pelo menos não temos que andar a pagar lixo televisivo, nem catarinas furtados, nem coisas parecidas. Suspect
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RedHead
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Feminino
Aquário Dragão
N. de Mensagens : 2916
Idade : 28
Local : Olissipo/Liberalitas Julia
Raça : Elfo
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Urano (Céu/Elevação/Perfeição)
Cor : Preto

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Qui Fev 07, 2013 1:35 am

Urânia escreveu:
Eu acho que o maior problema é a questão da pouca variabilidade/diversidade que aparece nos 3 canais da televisão (RTP, SIC, TVI) e o facto de ser tudo igual, em simultâneo.

Ora vejamos:

O programa da manhã, é igual nos 3 canais.
O Jornal das 13h todos à mesma hora.
O programa da tarde, será igual nos 3 canais.
Depois novela, nos 2 ou 3 canais.
Depois telejornal da noite às 20h, nos 3 canais.
Depois MAIS novelas nos 3 canais.
Depois lá para as tantas... 12h, é que aparece um filme! talvez!

Pouco estou a falhar.... (e não vejo televisão..estou a calcular)

As grelhas televisivas deviam ser diferentes em cada dia da semana, podendo manter-se o jornal às 13h e às 20h. Mas o resto do conteudo, não tinha que ser igual todos os dias da semana:

Um documentário às 16h de segunda, um filme às 15h da tarde de quarta-feira, um programa parvo na 5a feira às 11h, e uma telenovela às 9h da manhã de terça feira.... E em cada canal, coisas diferentes! Imaginem só como seria... as pessoas podiam escolher! sunny
Não: a televisão portuguesa é igual em todos os canais! Não dá escolha. No No No

Eu digo-vos, espero mesmo que a rtp1 seja privatizada, porque pelo menos não temos que andar a pagar lixo televisivo, nem catarinas furtados, nem coisas parecidas. Suspect


É exactamente isto, sem tirar nem pôr. E olhando para a oferta (essa que é igual nos três canais), eu diria que é raro encontrar-se um programa que não pareça ser feito para reformados. Neutral

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dianarosa.wix.com/diana-rosa
Kraft durch Freude
Herói/Heroína mitológic@
avatar

N. de Mensagens : 2053
Raça : Ent/Povo das Árvores
Deus : Ares (Guerra/Heroísmo/Conquista)

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Qui Fev 07, 2013 5:01 pm

Urânia escreveu:
Eu acho que o maior problema é a questão da pouca variabilidade/diversidade que aparece nos 3 canais da televisão (RTP, SIC, TVI) e o facto de ser tudo igual, em simultâneo.

Ora vejamos:

O programa da manhã, é igual nos 3 canais.
O Jornal das 13h todos à mesma hora.
O programa da tarde, será igual nos 3 canais.
Depois novela, nos 2 ou 3 canais.
Depois telejornal da noite às 20h, nos 3 canais.
Depois MAIS novelas nos 3 canais.
Depois lá para as tantas... 12h, é que aparece um filme! talvez!

Pouco estou a falhar.... (e não vejo televisão..estou a calcular)
Não é bem assim. E eu também não "vejo" televisão mas também não sou cego.
Pelo menos à tarde, na RTP penso que nem passam novelas, mas sim daqueles programas estilo "Praça da Alegria" que mostram pessoas e "coisas" de todo o país. E nem costumam ter desgraças como os da SIC e TVI. Sim, é um programa para reformados, mas quem é que tem disponibilidade para estar a olhar para a TV a essa hora? (OK, tirando a imensidão de desempregados...)

À noite, depois dos telejornais, também nem sempre dão novelas. Na RTP costumam (ou costumavam?) dar concursos, debates, aqueles programas sobre Língua Portuguesa e coisas do género. Os filmes e coisas mais generalistas costumam ser ao fim-de-semana, que realmente é quando os "não-reformados" normalmente têm tempo para estar parados. Digo eu.
Eh, eh, se dessem muitos filmes durante a semana aposto que teríamos a malta toda a protestar por não haver "produção nacional" nas TVs nacionais. Wink

Urânia escreveu:
Eu digo-vos, espero mesmo que a rtp1 seja privatizada, porque pelo menos não temos que andar a pagar lixo televisivo, nem catarinas furtados, nem coisas parecidas. Suspect
Sim, porque os canais privados têm muito melhor programação que as RTPs. Suspect Penso que concordamos que uma privatização não resolverá o problema da qualidade da programação. E penso que concordamos que é essa qualidade que gostávamos que fosse melhorada. Portanto essa solução não serviria para atingir esse fim. É um bocado como o Bush dizia: "para não haver mais incêndios, vamos deitar abaixo a floresta de Yellowstone" ou lá o que era. Faz sentido? Rolling Eyes

Para termos programação melhor penso que, como em muitos outros campos, é preciso uma mudança na forma de pensar, uma mudança cultural. Porque continuamos a ter o que merecemos. E a qualidade dos canais que temos reflecte a instrução e a forma de pensar da maioria da nossa população (aliás, até arrisco dizer que é capaz de estar bem acima da mesma).
Uma população mais proactiva e que não desse audiências aos canais que transmitem lixo, nunca deixaria a TV chegar ao ponto a que chegou.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ceinwyn
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Feminino
Leão Tigre
N. de Mensagens : 3936
Idade : 31
Raça : Gárgula
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Ares (Guerra/Heroísmo/Conquista)
Cor : Vermelho

MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   Qui Fev 07, 2013 5:31 pm

A RTP de vez em quando cria programas interessantes que me parece que tentam inovar para atingir os públicos menos dados a programação cultural. Por vezes com dificuldades e com a morte de alguns dos seus melhores programas pelo meio (olá, Relvas), especialmente na RTP2, mas a programação é infinitamente superior à da SIC e à da TVI, onde não há praticamente nenhum programa que não seja horrível. Não é que a RTP seja perfeita e não devesse ser muito melhor, ainda noutro dia tentei ver o programa da tarde e o Malato é completamente insuportável e geralmente detesto o Prós e Contras, mas pelo menos vejo nesses programas uma tentativa de divulgar o país (estamos na semana do cinema português na RTP2) e promover alguns debates em vez de se resumirem às histórias dos desgraçadinhos da Fátima Lopes. De resto, só a alteração nos hábitos de quem vê pode melhorar as televisões, especialmente com a perda de importância dos canais generalistas para os do cabo e, se os programas da Catarina Furtado e afins têm sucesso é porque há muita gente interessada neles, portanto acho que faz sentido existirem.

Na questão da privatização concordo com o que disse o Kraft quando diz que não melhoraria a programação e, além disso, mesmo que houvesse privatização íamos continuar a pagar aquilo de alguma maneira, já se sabe como estes negócios funcionam por cá. (Also, high-five pela referência ao Bush, uso-a muitas vezes xD)

_________________

Certe canzoni attraversano le mura con sacre ironie e parlano, senza parole, quell'unica lingua ch'è il suono.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Televisão Portuguesa em Portugal (redundante redudância)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» 1º Gala Naruto - Portugal RPG
» Passaportes vitalicios Abolidos
» Que anime estás a ver?
» Atençao Gente site safado!!!! clickshow.com.br
» Batman: Arkham City

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Folk Lusitânia :: Parte Sul :: Academia de Filosofia-
Ir para: