Folk Lusitânia

Folk, Neo-clássico, New Age, World Music, Darkwave, Medieval, Música Étnica, Folk Metal, Symphonic Metal, Dark Ambient, Neofolk, Marcial.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 A situação da Linha do Tua

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Kraft durch Freude
Herói/Heroína mitológic@
avatar

N. de Mensagens : 2053
Raça : Ent/Povo das Árvores
Deus : Ares (Guerra/Heroísmo/Conquista)

MensagemAssunto: A situação da Linha do Tua   Sab Ago 10, 2013 4:54 pm

Certamente muitos de vós já estão a par da situação, nem que seja porque já foi referido aqui no fórum várias vezes (pelo menos aqui (fazer scroll para baixo), aqui, e o documentário acerca do assunto, por Jorge Pelicano, está também aqui). Penso que já é tempo deste assunto ter um tópico dedicado.

A Linha do Tua é uma linha de comboio centenária. Em toda a sua extensão, unia Bragança a Tua, passando por numerosas localidades, atravessando montes e vales e acompanhando, obviamente, o rio Tua. A população que esta linha servia era bastante numerosa mas, com o passar do tempo, e devido às dificuldades económicas daquela região, a situação modificou-se bastante.

A população reduziu, a CP e os poderes políticos com encargos financeiros na linha invocaram este facto para desactivar e desmantelar a linha e, com mais esta agressão (somada a tantas outras), a população continuou a reduzir. Depois de várias promessas de compensar a população, nunca voltou a haver um transporte público que restituísse a mobilidade para os que ali mais dela necessitam. Actualmente a actividade nesta linha está reduzida a cerca de 1/5 do seu traçado. De vez em quando, dado o estado de degradação da linha e a falta de manutenção da mesma, lá se vai ouvindo mais uma notícia de mais um acidente naquela região.

Actualmente está em curso a construção da barragem do Tua. Ao que parece, será o golpe final sobre a linha e sobre os acessos de diversas populações da região que ficarão definitivamente isoladas e deixadas ainda mais à sua sorte. As consequências da construção da barragem não serão apenas locais, uma vez que, segundo muitos, estas obras não estão a cumprir os requisitos técnicos necessários, violam normas europeias e far-nos-ão a nós, para não variar, pagar factura, mais resgate menos resgate. Para além disto, ao que parece, a construção desta (entre outras) barragens não irá ajudar a reduzir a factura da luz: antes pelo contrário. O que é mais frustrante é que nenhum destes factos é contraposto pelos que estão a levar em frente estas medidas. O único argumento que parece ser dado é simplesmente o de que "é necessário" e "vai trazer desenvolvimento à região"... Quando, década após década, o que se tem visto é precisamente o oposto.


Não me acho capaz de expor aqui todos os detalhes desta situação. Há muitos locais online onde podem ler acerca do que se tem passado, informar-se, e, se assim entenderem, tomar alguma medida em concreto.

Deixo-vos algumas ligações com informações:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Linha_do_Tua
https://pt.wikipedia.org/wiki/Metropolitano_Ligeiro_de_Mirandela

Sites de movimentos a favor da modernização da linha e contra a construção da barragem:
Movimento Cívico pela Linha do Tua - O site deste movimento contém muita informação histórica acerca da linha, dos estudos realizados acerca da mesma e dos impactos da barragem.
Movimento Pela Linha do Tua - Actualmente estão a tentar recolher assinaturas para uma petição a entregar no Parlamento Europeu e à UNESCO para bloquear as obras da barragem do Tua.  A petição pode ser lida e assinada aqui: http://www.peticaopublica.com/?pi=MValeTua

Argumentos do Movimento Cívico pela Linha do Tua:
http://www.linhadotua.net/3w/index.php?option=com_content&task=view&id=41&Itemid=36
Argumentos do Movimento Pela Linha do Tua:
http://pelotua.info.tm/wiki/index.php?title=Raz%C3%B5es_desta_causa




O que acham acerca desta situação? Pessoalmente, tenho tido alguma dificuldade em encontrar os argumentos a favor da construção da barragem. Inclusivé, quando especialistas independentes concordam que esta e outras obras não são necessárias ao país, serão prejudiciais para a região e violam normas internacionais, custa-me a compreender o porquê de isto ainda não ter sido parado.

Muito mais depressa se viu um aeroporto deixar de o ser ser... Mas isso foi mais para as bandas de quem tem mais tempo de antena... Rolling Eyes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kraft durch Freude
Herói/Heroína mitológic@
avatar

N. de Mensagens : 2053
Raça : Ent/Povo das Árvores
Deus : Ares (Guerra/Heroísmo/Conquista)

MensagemAssunto: Re: A situação da Linha do Tua   Sab Ago 10, 2013 6:50 pm

Duas reportagens sobre a questão da construção de 10 novas barragens em Portugal, cuja discussão não se ouve por aí além nos media do costume (ou estarei distraído?).

O tom com que esta está feito é um bocado mau (TVI...), mas as respostas que são dadas por uns e por outros (ou aquilo que mostram das mesmas) são um bocado desanimadoras.

Estão mais entrevistas aqui (a qualidade nem sempre é o ideal, mas é o "jornalismo" que temos): http://pelotua.info.tm/wiki/index.php?title=Reportagens/Document%C3%A1rios

Entretanto encontrei o site oficial do Programa Nacional de Barragens de Elevado Potencial Hidroeléctrico: http://pnbeph.inag.pt/
Um dos problemas que tenho tido ao tentar compreender isto é que parecem estar todos de acordo num ponto: o argumento para a colocação em prática do PNBEPH, de que temos uma grande dependência do exterior, é inválido. Mas o plano foi posto em marcha à mesma. No entanto, continua a dar-se esse argumento, mesmo na primeira página do mesmo:
http://pnbeph.inag.pt/ escreveu:
Portugal é um dos países da União Europeia com maior potencial hídrico por explorar e com maior dependência energética do exterior. Face a esta situação, foram definidas, pelo governo português, metas para a energia hídrica que se traduzem num claro aumento, face à actual potência hidroeléctrica instalada.
Se este argumento é inválido, e se estas barragens apenas vão servir para dar mais lucro e minimizar os riscos das energéticas, porque raio é que estas centrais devem ser apoiadas pelo estado?? scratch
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kraft durch Freude
Herói/Heroína mitológic@
avatar

N. de Mensagens : 2053
Raça : Ent/Povo das Árvores
Deus : Ares (Guerra/Heroísmo/Conquista)

MensagemAssunto: Re: A situação da Linha do Tua   Sab Maio 30, 2015 8:14 pm

Músicos pelo TUA escreveu:
Os sítios mais lindos que vi

Não sei porque tanto dormi
estava num sonho que não quis deixar
Do meu quarto abanava o mundo
pra finalmente despertar

Não sei se um dia desisti
de trazer parte pra onde eu posso estar
longe demais do que é perfeito
e da rua onde quero morar

Os sitios mais lindos que vi
há sempre alguém que os tenta trespassar
como se o ontem
não te ensinasse
no sagrado não deves tocar

Gira, Mundo
que a razão demora
faz teu o teu andar.
Gira, Mundo
não chegou a hora
de adormecer,
se há luz lá fora

Não sei porque tanto dormi
faltam-nos sonhos pra nos acordar
Querer ter mais mundos perfeitos
prós devolver ao seu lugar

Segura o teu futuro agora
tarde será quando o fores agarrar.
Não ao cais, atracado e mudo
nem ao fundo, por ir longe demais

Gira, Mundo
que a razão demora
faz teu o teu andar.
Gira, Mundo
não chegou a hora
de adormecer,
se há luz lá fora

Os sitios mais lindos que vi
há sempre alguém que os tenta trespassar


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Valis
Aldeão/Aldeã


Masculino
Áries Cobra
N. de Mensagens : 7
Idade : 28
Local : Dimensão 1919
Raça : Ent/Povo das Árvores
Elemento : Madeira
Deus : Deméter (Terra/Natureza/Estações)
Cor : Roxo

MensagemAssunto: Re: A situação da Linha do Tua   Dom Maio 31, 2015 11:20 pm

É complicado ter uma opinião sem os dados básicos...percebo a tua intenção Kraft e é interessante apoiar a causa ou simplesmente informar-nos para debatermos aqui. Talvez amanhã faça uma pesquisa com mais calma para dar vida aqui ao debate (não vi os vídeos)

Segundo umas conversas que ouvi de alguns especialistas, na tv, Portugal não tem falta de recursos energéticos. Não sei se podemos exportar energia, porque não temos assim muitos vizinhos. Eles diziam que o nosso caminho em termos de energia passava por não gastarmos tanto, ou seja, fazer electrodomésticos que gastem menos e politicas de apoio a estes. O sector das energias limpas, paneis solares, é um sector que emprega centenas de pequenas empresas. Seria bom o estado continuar a prover apoios a essas empresas e apostar mais nas energias que empregam pessoas e fazem crescer empresas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A situação da Linha do Tua   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A situação da Linha do Tua
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Erro no script linha 268
» erro na linha 1410 ajuda!
» Vale dos ventos uivantes ♠ Local público oficial ♠
» LINHA DO TEMPO DO KPXTITI
» Missão Fácil especial de Halloween - Enfeites Tenebrosos

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Folk Lusitânia :: Parte Sul :: Templo do Conhecimento-
Ir para: