Folk Lusitânia

Folk, Neo-clássico, New Age, World Music, Darkwave, Medieval, Música Étnica, Folk Metal, Symphonic Metal, Dark Ambient, Neofolk, Marcial.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Israel: The Promised Land for Organized Crime.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Aelle
Mestre


Masculino
Libra Porco
N. de Mensagens : 748
Idade : 33
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Israel: The Promised Land for Organized Crime.   Qui Mar 12, 2015 11:45 pm

Documentário em 3 pequenas partes, de David Duke.

David Duke é um homem que foi banido da comunicação social "livre" - lol... - norte-americana e sionista. Uma vez que, veja-se lá, queria reportar verdades acerca dos Judeus. Na verdade, mesmo no seu canal de Youtube, os comentários já foram desactivados, em numerosos documentários, como este. Tudo isto é jornalismo de investigação. Através destes documentários, ficamos a saber como os Judeus são parte nuclear e central do Crime Organizado Internacional, desde... sempre. Ficamos também a saber, que, de entre os 11 oligarcas que se apropriaram de metade (!) dos recursos da Rússia, ou seja, do Povo Russo, aquando o fim da União Soviética, e no contexto das privatizações corruptas, 9 desses oligarcas são judeus.

E no entanto, nada disso se sabe nos meios de comunicação. Como escreveu Voltaire: Se queres saber quem te controla, descobre quem não podes criticar.

E por isso a Rússia sofre sanções, e Vladimir Putin - que até é um moderado e um fraco! - é tão criticado. E por isso se quer anexar a Ucrânia ao Império Sionista, e por isso há um movimento Pró-Russo, e Separatista, que se recusa a submeter a este Império de Decadência, Nojo, e Medo. São também referidos numerosos exemplos, concretos e verificáveis, de como os Judeus estão por detrás do polvo mafioso de tráfico humano, incluindo a terrível moda de escravizar mulheres de Leste, e atraí-las a países Ocidentais, ou a Israel, para que se tornem depois prostitutas forçadas e vitalícias. Vários exemplos acerca dos filmes de Hollywood - controlada por Judeus - no sentido de moldar o pensamento das pessoas, impregná-las de propaganda, e falsas constatações, e mentiras.

Tudo verificável e passível de ser confirmado:

https://www.youtube.com/watch?v=2FdVck03_vc  - Parte 1

https://www.youtube.com/watch?v=tZOfDE2Y4lE  - Parte 2

https://www.youtube.com/watch?v=MgSvyFlggJs  - Parte 3


Palavras de David Duke:

http://www.davidduke.com
DON'T LET MY VIDEOS BE CENSORED!
Due to organized efforts to stifle free speech and ban my videos --

YouTube restrictions have led to removal of all comments on this video! My videos are overwhelmingly approved by millions of viewers, and they average higher than 90 percent positive comments and comprise some of the highest rated political videos on the entire Internet. Viewers love these videos! But, the Zionists don't !

The Zionist efforts to block my videos are relentless. They want to keep the world from learning the truth.

The only way you can be sure to find my videos if they are censored is to not only subscribe to my YouTube Channel -- but be sure to SUBSCRIBE at MY WEBSITE as well. Subscribe to News and Updates at:

http://www.davidduke.com

By subscribing on my website, even if my channel or videos are censored or removed -- you can still receive notices of links where you and your friends can see my videos

If the Zionists are successful in banning my channel, then all YouTube subscribers are inaccessible to me -- so you can only be informed about my videos if you are SUBSCRIBED AT MY OWN WEBSITE.

Thank you for your efforts for free speech and your efforts to ensure your Right and Right of everyone to see my political videos and read my articles!

Without your support and efforts my vital work could well be silenced.

Sincerely,

Dr. David Duke
http://www.davidduke.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kraft durch Freude
Herói/Heroína mitológic@


N. de Mensagens : 2052
Raça : Ent/Povo das Árvores
Deus : Ares (Guerra/Heroísmo/Conquista)

MensagemAssunto: Re: Israel: The Promised Land for Organized Crime.   Seg Mar 23, 2015 3:30 pm

Em traços gerais, eu diria que historicamente faz algum sentido ter havido máfias judias com maior dimensão do que outras mais conhecidas. Uma vez que historicamente também é sabido que sempre houve judeus detentores de grandes negócios e grandes fortunas, faz todo o sentido que grandes máfias também gravitem à volta dos mesmos.
Também não me parece inviável haver algum nível de auto-censura nos meios mediáticos que pertencem a judeus... Tal como a mesma existe nos meios de todos os grupos, que não acham aceitável ou sequer "de bom tom" publicar notícias ou histórias auto-difamatórias.

No entanto, vou direccionar o meu comentário apenas para o documento da Wikileaks mencionado nesses vídeos, que li: https://wikileaks.org/cable/2009/05/09TELAVIV1098.html
Não li mais nenhum dos outros documentos de que falam pelo que a minha resposta, daqui em diante, se vai cingir apenas ao que ali se encontra.


David Duke parece querer dar a entender (apesar de não o dizer explicitamente) que há uma maior prevalência de máfias junto de negócios de judeus do que de outros grupos sociais ou étnicos. Do meu ponto de vista, parece-me que em todas as sociedades há grupos mafiosos, mais ou menos violentos. Aquilo de que o senhor Duke não me esclarece, e que talvez fosse útil, é se ele considera que a prevalência de máfias entre os judeus é superior à de outros.

Alguns comentários sobre algumas interpretações que ele faz sobre o documento da Wikileaks:
Não vejo no documento indicação de que altos funcionários do governo de Israel estejam envolvidos em actividades mafiosas. O mais directo que vejo é isto:
Wikileaks escreveu:
¶16.  (SBU) It is not entirely clear to what extent OC elements have
penetrated the Israeli establishment and corrupted public officials.
The INP insists that such instances are rare, despite the
occasional revelation of crooked police officers in the press.
Nevertheless, there have been several dramatic revelations in recent
years that indicate a growing problem.  In 2004, former government
minister Gonen Segev was arrested for trying to smuggle thousands of
ecstasy pills into Israel, a case that produced considerable
circumstantial evidence of his involvement in OC.  The election of
Inbal Gavrieli to the Knesset in 2003 as a member of Likud raised
concerns about OC influence in the party's Central Committee.
Gavrieli is the daughter of a suspected crime boss, and she
attempted to use her parliamentary immunity to block investigations
into her father's business.  (Gavrieli is no longer a member of the
Knesset.)  Just last month, Israeli politicos and OC figures came
together for the funeral of Likud party activist Shlomi Oz, who
served time in prison in the 1990s for extortion on behalf of the
Alperon family.  Among those in attendance was Omri Sharon, son of
former Prime Minister Ariel Sharon, who was himself convicted in
2006 on illegal fundraising charges unrelated to OC.
OK, isto parece tudo um bocado "extremo", mas não me soa assim tão estranho, se quisermos fazer paralelos com a sociedade portuguesa e alguns "famosos" alegadamente mafiosos. O tipo de crimes parece mais "violento" do que nessa comparação, mas nem por isso menos grave (na minha opinião).

Sobre as máfias judias no governo dos EUA, também não vi grandes referências no dito documento da Wikileaks. Algumas referências que podem ser mais assinaláveis
Wikileaks escreveu:
¶20.  (SBU) Israel's multi-ethnic population provides a deep well of
opportunity for Israeli OC to expand into new territory.  Most
Israeli crime families trace their roots to North Africa or Eastern
Europe, and many of their Israeli operatives hold foreign passports
allowing them to move freely in European countries, most of which
participate in the visa waiver program with the United States.
Approximately one million Russians moved to Israel following the
dissolution of the Soviet Union, and Russian citizens no longer
require visas to enter Israel.  Many Russian oligarchs of Jewish
origin and Jewish members of OC groups have received Israeli
citizenship, or at least maintain residences in the country.  Little
is known about the full extent of Russian criminal activity in
Israel, but sources in the police estimate that Russian OC has
laundered as much as USD 10 billion through Israeli holdings.  While
most Israeli OC families are native-born and the stereotype that
Russian immigrants tend to be mobsters is greatly overblown,
indigenous OC groups routinely employ "muscle" from the former
Soviet Union.
(...)
¶22.  (SBU) Given the volume of travel and trade between the United
States and Israel, it is not surprising that Israeli OC has also
gained a foothold in America.  Over the last decade, media reports
have detailed a number of high-profile cases involving Israeli OC,
ranging from large-scale drug deals to murder.  The ongoing Central
District of California grand jury investigation against the Abergil
family, where a RICO conspiracy case was initiated in December 2007,
best demonstrates the full extent of such criminal activity.
Investigators have linked Yitzhak Abergil and his entire network to
crimes of "embezzlement, extortion, kidnapping, and money
laundering."  Yitzhak Abergil is currently under arrest in Israel
and facing extradition for related charges linking him to the murder
of Israeli drug dealer Samy Attias on U.S. soil.

¶23.  (SBU) As part of an ongoing effort to track Israeli OC through
media reports and police sources, Post so far has identified 16
families and 78 related individuals who are at the center of Israeli
organized criminal activity.  The consular section has revoked
several visas for those who have been convicted of crimes in Israel,
but many OC figures have no prior criminal convictions and carry no
visa ineligibilities.  As a result, many hold valid nonimmigrant
visas to the United States and have traveled freely or attempted to
travel for a variety of purposes.
(...)
¶27.(...) Unlike OC groups from the former Soviet Union,
Italy, China, and Central America, application of INA
212(a)(3)(A)(ii) against Israeli OC is not specifically authorized
per Foreign Affairs Manual 40.31 N5.3.  As such, Israelis who are
known to work for or belong to OC families are not automatically
ineligible for travel to the United States.

...mas aqui não vejo indicações de que há infiltração de membros destes gangues no governo americano. Duke parece querer dar a entender isso e até podem haver, mas este documento não me parece dizer isso.

Posto isto, Duke não deixa de ter um argumentário interessante. Ele diz-nos que:

  • Existem máfias de judeus, tão ou mais perigosas que as mais conhecidas. Até aqui, nada de extraordinário.
  • Essas máfias serão encobertas pelos meios de comunicação e "Hollywood", controlados pelos judeus. Também não me parece extraordinário por aí além.
  • Haverá membros dessas máfias "infiltrados" nos governos de vários países. Também não me parece extraordinário, se tivermos em conta que também os há de outros grupos.


Agora, Duke parece usar o que tom daquilo que diz para dar a entender o que não diz. Smile Ou seja: fica implícito/subliminar, apesar de ele não o dizer, que:

  • Os judeus serão intrínsecamente mais mafiosos que os mais conhecidos;
  • Os governos de vários países poderão estar a ser controlados pelas ditas máfias;
  • Há uma "elite" que controla maquiavelicamente os media todos do mundo, para evitar que estas "verdades" se saibam.


O que é interessante é o facto de a forma como Duke fala dar a entender isto apesar de ele nunca o dizer... O que faz com que se alguém argumentar que ele está a ser falacioso, ele terá sempre esse trunfo na mão, porque nunca me parece dizer isto. Smile

Posto isto, agradeço o alerta de Duke, mas apenas daquilo que ele diz. Quanto ao que está sub-entendido, fico à espera de obter provas mais concretas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aelle
Mestre


Masculino
Libra Porco
N. de Mensagens : 748
Idade : 33
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: Israel: The Promised Land for Organized Crime.   Ter Mar 24, 2015 12:00 am

Viva Kraft, obrigado pelo teu texto, que li com atenção.

Em parte, respondi-te em novo post que fiz, que continua a girar à volta deste tema. Depois podes dar uma vista de olhos, é um documentário de 15 minutos, também do David Duke.

Repara, o que o David Duke faz, é, em grande parte, trabalho jornalístico por conta própria. Podia colocar outros links, textos, documentários, em que se referem as mesmas realidades. Mas ele resume e estrutura bem as coisas, e em muito pouco tempo, ficamos a saber muito.

É para não ficar a ideia de que o David Duke é a minha nova coqueluche. Há anos que escrevo contra o sionismo. Fiquei a saber do trabalho do David Duke há coisa de duas semanas. Achei útil. Para mais, é historiador, o que é sempre meio caminho andado para compreender o que se passa no mundo.

Ora, em relação ao que tu disseste, parece-me que estás a passar ao lado de uma realidade: O Sionismo actua como um Polvo. Tem uma agenda política, de dominação mundial. Tem Israel como Estado racista, o núcleo do Império, se quiseres. E farão tudo, para se colocarem como Raça Dirigente. Aliás, já o fazem. É óbvio, o imbecil que devora a pop culture, a Casa dos Segredos, e a bola, passa ao lado de tudo isto. Como já passava ao lado do que se fazia em outros regimes, considerados hoje "Totalitários."

Ou pior, não passa ao lado de tudo isto, deixa-se absorver!

Houve piratas ingleses que foram nomeados Cavaleiros pela Coroa Britânica, há séculos atrás. Serviam, directa ou indirectamente, o Reino de Sua Majestade. É a mesma lógica que a máfia judaica.

Eu não posso, de facto, injectar inteligência nas pessoas, isso não. Nem espírito de justiça, nem honra, dignidade, etc. Mas, enfim, quando se fala em "Democracia", e em "Liberdade de Expressão", e todos esses chavões, na prática, o que acontece? Os meios de comunicação social, a pop-culture, formam as mentalidades. Ensina aos jovens quem é o mau, quem é o bom. O regime económico-social que deve ser seguido, os hábitos, as profissões, etc.

Repara, Kraft, isto é algo que se estuda em História, no 12 ano Smile Ou, pelo menos, quem de facto se dá ao trabalho de ler os livros!

Todos os regimes fazem isto. Eu não sou assim tão velho, tenho 31 anos, e noto uma mudança de doutrina em algumas coisas, nas séries de televisão. Mas uma coisa nunca muda: o Judeu, o Sionista, Israel, nunca, uma única vez, foram apresentados de forma crítica. Nem poderiam ser. Controlam tudo. Produzem as séries, escolhem os actores, aprovam os argumentos, etc.

No fundo, é a mesma coisa que no Portugal Salazarista se autorizar um filme, ou uma série, que apresentasse Portugal, o seu regime, ou os Portugueses, de forma critica. Nunca aconteceria.

Em relação a costumes, que a juventude imita, aí há uma progressiva decadência. E a prevalência de elementos judeus, nas séries, nas personagens, começa a ser muito grande. É praticamente a única referência cultural das séries dos últimos 10 anos. E daí, eu próprio, me ter familiarizado com tantos termos da cultura judaica: Kosher, Bar-Mitzvah, etc. Lá está, eu próprio, comecei a questionar-me, espontaneamente, acerca de tudo isso. Bom, por outro lado, permitiu que começasse a familiarizar-me com nomes judeus americanizados. E também nomes de judeus oriundos da Alemanha e do Leste da Europa.

Abrirei também um tópico referente a isso. A esmagadora e até absurdamente óbvia, lista de séries de referência da pop culture americana, em que as personagens principais são judias.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Israel: The Promised Land for Organized Crime.   Hoje à(s) 12:48 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Israel: The Promised Land for Organized Crime.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Dansai Bunri no Crime Edge-Fan Fic
» ◆ Perfect Crime? ~ Narrada para Darius Hunt
» Problemas com direitos autorais no RPG Maker
» Vejam o que é Apologia ao Crime o.O
» Tales of Land

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Folk Lusitânia :: Parte Sul :: Templo do Conhecimento :: Notícias-
Ir para: