Folk Lusitânia

Folk, Neo-clássico, New Age, World Music, Darkwave, Medieval, Música Étnica, Folk Metal, Symphonic Metal, Dark Ambient, Neofolk, Marcial.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Em busca de um sentido...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
oherege
Aldeão/Aldeã


N. de Mensagens : 2
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Em busca de um sentido...   Ter Dez 16, 2008 11:01 pm

...em busca de um sentido, de uma razão para aqui estarmos, o que somos, qual a nossa origem, física e espiritual, e para onde nos destinamos, no fim da vida corpórea...também estou confuso, e busco frustradamente dia após dia a linha da minha origem...
...em nossos dias, posso dizer que não sou daqui...mas distante, numa Idade já longínqua, Antiga, porventura medieval...
...ficai em paz...
[i]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fundador (ex-Váli)
Deus(a) do Sol (administração)


Masculino
Áries Cobra
N. de Mensagens : 2041
Idade : 27
Local : Lisboa
Raça : Ent/Povo das Árvores
Elemento : Madeira
Deus : Poseidon (Mar/Ideologia/Sonho)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: Em busca de um sentido...   Qua Dez 17, 2008 8:53 pm

Hum… bem é uma visão complexa…Se bem percebi estás á procura de uma finalidade para o fórum, como se fosse uma espécie de movimento social, ecológico, cultural, politico… O porquê de estarmos aqui, o porquê de nos identificarmos com coisas medievais ou com folk e se isto terá alguma significância misteriosa e espiritual no lugar que ocupamos no mundo.

Bem se queres que te diga..não sei XD

Desculpa se percebi mal mas acho que fostes demasiado vago, não consigo perceber exactamente qual é o conteúdo da discussão. No entanto é uma opinião basta complexa para ser debatida na secção de filosofia, penso eu.

Fico á espera de mais desenvolvimento XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://folklusitania.heavenforum.com
Selene Morgan
Burguês/Burguesa


Feminino
Leão Macaco
N. de Mensagens : 68
Idade : 24
Local : Monte da lua
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hades (Submundo/Pranto/Morte)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: Em busca de um sentido...   Qui Dez 18, 2008 11:28 am

Sentido da existencia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://traurigstern.hi5.com
Nocturna
Cavaleiro/Dama


Feminino
Capricórnio Gato
N. de Mensagens : 131
Idade : 28
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: Em busca de um sentido...   Dom Nov 15, 2009 7:13 am

O conhecimento do oculto
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Schatzi
Sacerdote/Sacerdotisa


Masculino
N. de Mensagens : 221
Raça : Dragão
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Apolo (Sol/Medicina/Profecia)
Cor : Branco

MensagemAssunto: Re: Em busca de um sentido...   Sab Jun 11, 2011 11:53 pm

Saber qual é o próximo concerto nos Trobadores
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Manwë
Mestre


Masculino
Touro Galo
N. de Mensagens : 578
Idade : 23
Local : Bracara Augusta
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Cinzento

MensagemAssunto: Re: Em busca de um sentido...   Sab Jun 11, 2011 11:59 pm

Quando se procura e não se encontra há-de chegar o momento em que nos devemos sentar e partir do princípio que procuramos algo que não existe.

Para quê procurar "sentidos de vida" predefinidos, quer no "plano espiritual" quer no "plano físico" (esta dos planos tem muito que se lhe diga, ou se calhar não tem nada, mas eu tenho pouca paciência para este tipo de discussão) quando temos a oportunidade de definir objectivos próprios que vão de encontro aos nossos gostos?

Se há coisa que me iria aborrecer seriamente era descobrir que havia uma razão superior para o meu nascimento, um objectivo determinado ou, se forem daqueles que gostam de palavras com um efeito pitoresco, uma missão.

É necessário que nos deixemos de preocupar com o sentido da vida e outras questões metafísicas potencialmente inúteis e preocuparmo-nos com aquelas que podemos responder: de onde viemos e porque razão existimos, por exemplo.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://whoknewindeed.wordpress.com
Urânia
Rei/Rainha


Feminino
Câncer Tigre
N. de Mensagens : 1298
Idade : 30
Raça : Elfo
Elemento : Ar
Deus : Urano (Céu/Elevação/Perfeição)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: Em busca de um sentido...   Dom Jun 12, 2011 1:18 am

Nuno escreveu:
É necessário que nos deixemos de preocupar com o sentido da vida e outras questões metafísicas potencialmente inúteis e preocuparmo-nos com aquelas que podemos responder: de onde viemos e porque razão existimos, por exemplo.


As perguntas que tu invocas são precisamente as mesmas que as pessoas na sua generalidade procuram. Encontram parte dessas respostas numa religião ou nalguma forma de espiritualidade.
Se dessa forma encontram algum sentido para a sua vida, não há mal nenhum nisso. Smile
Para outras pessoas, a religião não oferece respostas satisfatórias, e portanto encontram o seu sentido noutras coisas.

E ia dizer mais qualquer coisa, mas estou com fome..!



O meu sentido neste momento é ir ao frigorífico ver o que se possa tricar.. Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Diarmuid
Mestre


Masculino
Capricórnio Porco
N. de Mensagens : 758
Idade : 32
Local : Almada
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Cinzento

MensagemAssunto: Re: Em busca de um sentido...   Dom Jun 12, 2011 4:14 am

Nuno escreveu:
Quando se procura e não se encontra há-de chegar o momento em que nos devemos sentar e partir do princípio que procuramos algo que não existe.

Para quê procurar "sentidos de vida" predefinidos, quer no "plano espiritual" quer no "plano físico" (esta dos planos tem muito que se lhe diga, ou se calhar não tem nada, mas eu tenho pouca paciência para este tipo de discussão) quando temos a oportunidade de definir objectivos próprios que vão de encontro aos nossos gostos?

Se há coisa que me iria aborrecer seriamente era descobrir que havia uma razão superior para o meu nascimento, um objectivo determinado ou, se forem daqueles que gostam de palavras com um efeito pitoresco, uma missão.

É necessário que nos deixemos de preocupar com o sentido da vida e outras questões metafísicas potencialmente inúteis e preocuparmo-nos com aquelas que podemos responder: de onde viemos e porque razão existimos, por exemplo.


De onde viemos e porque razão existimos tem toda a relação com questões metafísicas, e pode ter respostas no plano espiritual. Além disso, objectivos próprios que vão de encontro aos teus gostos podem derivar de "sentidos de vida" predefinidos, não o sabes.

A ti iria-te aborrecer seriamente haver uma razão superior para o teu nascimento? A mim iria-me fazer todo o sentido e iria dar uma claridade de definição às coisas e à vida, e adoro discutir estes assuntos.

"É necessário que nos deixemos de preocupar com o sentido da vida e outras questões metafísicas...". Não, é "necessário" para ti, ou nem isso, porque és um ser humano e como tal, quando atingires um certo nível de questionamento sobre as coisas eventualmente terás de colocar-te a ti próprio essas questões."São potencialmente inúteis"..., lol, és um ser humano, um mortal, e ainda que não queiras, essas questões são intrínsecas ao ser humano.

Não digo isto por mal, mas se calhar estás a ter uma visão da vida prematura, com uma certa arrogância. Talvez, se fizeres uma reflexão, poderás verificar que existem imensos problemas sem solução fácil na vida, para além dos fisicamente concretos, porque os problemas na área do visível fisicamente é que são de fácil resolução, porque lhes conseguimos responder com investigação, cálculo e experiência. Para os outros problemas é necessário olharmos para dentro de nós. E ainda assim, se tu não o conseguires ou quiseres fazer, ou simplesmente desejas que te passe ao lado, então não tenhas a prepotência de querer sugerir aos outros que não reflictam sobre essas questões em função da TUA opinião em relação à forma como se devia ver a vida. Além disso, parece-me, que mais cedo ou mais tarde, cairás em certas questões para além da visão linear de definição de objectivos em função de gostos. Essa visão está correcta nonetheless e concordo com ela, mas apenas serve para um lado da vida, e não para o lado de termos uma cogitatio que pode atingir diversos pontos, e a muitos deles não poderemos escapar, como estas questões.

Não somos robôs, o plano espiritual não é necessariamente um campo de conhecimento metafísico sobrenatural ou um último reduto de fuga para a angústia existencial, o plano espiritual é uma dimensão intrínseca do próprio ser humano, uma ligação natural que tentamos estabelecer com o sublime do mundo em nosso redor, para o qual não conseguimos encontrar palavras. É a nossa fonte natural de relacionamento com a Natureza, que esquecemos consoante aumenta o artificialismo no nosso estilo de vida. Mas a verdade é que esse plano está sempre lá, a puxar-nos, teremos de olhar para ele eventualmente porque o haveremos de sentir, tal como sentimos falta de qualquer outra necessidade básica para a nossa felicidade quando essa nos falta. Não é questão de encontrarmos a nossa missão do mundo, é sentirmos que pertencemos ao mundo, que fazemos parte dele, e como seres conscientes, vivos e activos, temos invariavelmente uma missão no mundo, a própria forma de veres a vida como definir objectivos em função do gosto constitui um esboço de "missão" neste mundo.

Não sabemos realmente qual o sentido disto tudo, não sabemos se viemos de algures, ou se iremos para algures. Sentimos nostalgia em relação a tempos passados, teremos lá estado? Não podemos realmente responder a essas questões. E não devem ser questões que nos dominem, e o mesmo digo em relação ao sentido da vida. Não devem ser coisas que nos dominem a visão da vida, mas também não devem ser coisas que são negadas, ou serão sempre uma pedra no sapato, mesmo que se tente esconder debaixo do pensamento científico-prático. Tal como imensas outras questões epistémicas, ontológicas ou metafísicas, o sentido da vida é algo que deve estar presente no nosso campo de reflexão, ainda que, provavelmente, seja um puzzle que nunca se resolverá realmente até ao fim da nossa vida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Manwë
Mestre


Masculino
Touro Galo
N. de Mensagens : 578
Idade : 23
Local : Bracara Augusta
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Cinzento

MensagemAssunto: Re: Em busca de um sentido...   Dom Jun 12, 2011 10:59 am

Volto a dizer que a mim não me aborrece nada não haver um sentido "mais elevado" para a vida.

E bem, estas questões não me incomodam nada, ontem é que não tinha muito o que fazer (até tinha, mas pronto, faltava vontade Crying or Very sad ) e pus-me a escrever isso.

Actualmente a minha opinião mantém-se.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://whoknewindeed.wordpress.com
Diarmuid
Mestre


Masculino
Capricórnio Porco
N. de Mensagens : 758
Idade : 32
Local : Almada
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Cinzento

MensagemAssunto: Re: Em busca de um sentido...   Dom Jun 12, 2011 3:35 pm

Nuno escreveu:
Volto a dizer que a mim não me aborrece nada não haver um sentido "mais elevado" para a vida.

E bem, estas questões não me incomodam nada, ontem é que não tinha muito o que fazer (até tinha, mas pronto, faltava vontade Crying or Very sad ) e pus-me a escrever isso.

Actualmente a minha opinião mantém-se.

Não é questão de "incomodarem", é uma questão de serem naturais, e elas hão-de aparecer-te Twisted Evil
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Manwë
Mestre


Masculino
Touro Galo
N. de Mensagens : 578
Idade : 23
Local : Bracara Augusta
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Cinzento

MensagemAssunto: Re: Em busca de um sentido...   Dom Jun 12, 2011 4:20 pm

Certo, mas há questões que, nem que seja pelo facto de não terem resposta, que são inúteis.

Por exemplo, e sei que muita gente vai discordar de mim, mas a questão da existência de Deus é uma questão que eu considero absolutamente inútil. A maneira como o conceito de Deus está construído, bem como as suas implicações, tornam impossível de falar da existência de Deus.

A questão do sentido da vida é outra que acho totalmente inútil. A minha vida actualmente tem um sentido, que tem como base os objectivos que eu defini. Não preciso de algo "superior" a mim, de algo "inato" a mim para dar um significado à minha vida. É possível que no futuro, ao ver alguns dos meus objectivos totalmente fracassados, venha a sentir uma necessidade de encontrar outro sentido, que poderá passar pela construção de outros objectivos ou, caso me renda a valores decadentes com os quais não concordo neste momento, pela "procura de um sentido mais profundo" (que neste momento, para mim, é um sinónimo para "auto-engano").

Existem questões tão interessantes! A origem da vida, a origem das sociedades, porque é que os seres humanos existem, porque é que a sociedade se organiza do modo como se organiza.... questões que podem ser efectivamente estudadas. Neste caso, para quê preocuparmo-nos com questões que irão fazer correr muita tinta e produzirão tantos resultados como plantar dinheiro?

Mas pronto, se calhar sou eu o limitado que não atinge as subtilezas da filosofia.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://whoknewindeed.wordpress.com
Diarmuid
Mestre


Masculino
Capricórnio Porco
N. de Mensagens : 758
Idade : 32
Local : Almada
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Cinzento

MensagemAssunto: Re: Em busca de um sentido...   Seg Jun 13, 2011 7:36 pm

Nuno escreveu:
Certo, mas há questões que, nem que seja pelo facto de não terem resposta, que são inúteis.

Por exemplo, e sei que muita gente vai discordar de mim, mas a questão da existência de Deus é uma questão que eu considero absolutamente inútil. A maneira como o conceito de Deus está construído, bem como as suas implicações, tornam impossível de falar da existência de Deus.

A questão do sentido da vida é outra que acho totalmente inútil. A minha vida actualmente tem um sentido, que tem como base os objectivos que eu defini. Não preciso de algo "superior" a mim, de algo "inato" a mim para dar um significado à minha vida. É possível que no futuro, ao ver alguns dos meus objectivos totalmente fracassados, venha a sentir uma necessidade de encontrar outro sentido, que poderá passar pela construção de outros objectivos ou, caso me renda a valores decadentes com os quais não concordo neste momento, pela "procura de um sentido mais profundo" (que neste momento, para mim, é um sinónimo para "auto-engano").

Existem questões tão interessantes! A origem da vida, a origem das sociedades, porque é que os seres humanos existem, porque é que a sociedade se organiza do modo como se organiza.... questões que podem ser efectivamente estudadas. Neste caso, para quê preocuparmo-nos com questões que irão fazer correr muita tinta e produzirão tantos resultados como plantar dinheiro?

Mas pronto, se calhar sou eu o limitado que não atinge as subtilezas da filosofia.


Eu não disse nada disso, e concordo com a questão da existência de Deus, pelo menos no sentido de um Deus como entidade consciente, se há outra forma de divindade, não o sabemos.

E as questões interessantes que referes, também concordo que são interessantíssimas, mas essas mesmas questões também decorrem da curiosidade natural do ser humano em perceber o sentido da vida, estão relacionadas. E lá está, falas que é perca de tempo estarmos a pensar em sentido da vida, no entanto definiste um para ti, o alcançar dos teus objectivos pessoais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Em busca de um sentido...   Hoje à(s) 12:47 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Em busca de um sentido...
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» A busca pela caveira de cristal
» DreamBox dm500 (Como fazer o arquivo satelites.xml para busca de tp's na Dreambox.)
» Bug na busca cega do S1001 para sintonizar CÉU
» DUPLO SENTIDO
» Forum vampiro a mascara: Motor de Busca

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Folk Lusitânia :: Parte Sul :: Masmorras-
Ir para: