Folk Lusitânia

Folk, Neo-clássico, New Age, World Music, Darkwave, Medieval, Música Étnica, Folk Metal, Symphonic Metal, Dark Ambient, Neofolk, Marcial.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Poliamor

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Ártemis
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Feminino
N. de Mensagens : 1419
Local : Monte Olimpo
Raça : Elfo
Elemento : Ar
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Vermelho

MensagemAssunto: Poliamor   Sab Jan 22, 2011 4:44 pm

Citação :
Poliamor são relações interpessoais amorosas que recusam a monogamia como princípio ou necessidade.

Por outras palavras, o poliamor, como opção ou modo de vida, defende a possibilidade prática e sustentável de se estar envolvido de modo responsável em relações íntimas, profundas e eventualmente duradouras com vários parceiros simultaneamente.

Existem várias maneiras de o pôr em prática, consoante às preferências dos interessados, e necessariamente deve envolver o consentimento e a confiança mútua de todas as partes envolvidas.

Polifidelidade: envolve múltiplas relações românticas com contacto sexual restrito a parceiros específicos do grupo.

Sub-relacionamentos: distinguem-se entre relações "primárias" e "secundárias" (um exemplo é a maioria dos casamentos abertos)

Poligamia (poliginia e poliandria): uma pessoa casa com diversas pessoas (estas podem ou não estarem casadas ou terem relações românticas entre elas).

Relações em Grupo/casamento em grupo: todos se consideram associados de forma igualitária.

Redes de relacionamentos interconectados: uma pessoa em particular pode ter relações de diversas naturezas com diversas pessoas.

Relações Mono/Poli: um parceiro é monogâmico, mas permite que o outro tenha relações exteriores.

Qual a vossa opinião em relação a este estilo de vida?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Averróis
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Masculino
Sagitário N. de Mensagens : 3508
Idade : 818
Local : Córdoba

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Sab Jan 22, 2011 5:05 pm

Pessoalmente acho que cada um deve gerir a sua vida como bem entender, desde que não atente contra a liberdade e bem-estar de mais ninguém.
Acho que convém é que as relações amorosas com mais do que uma pessoa sejam recíprocas e assumidas entre todas as partes, pois caso contrário irá haver problemas... Se todas as partes estiverem de acordo e assumirem as devidas responsabilidades então não vejo qual será o problema.

Pessoalmente, no que me diz respeito, não vejo interesse em relacionar-me com mais do que uma pessoa em simultâneo. Geralmente considero que, quando assumo um compromisso amoroso com alguém, permanecerei com uma pessoa e mais nenhuma enquanto a relação durar. Não me vejo numa relação polígama (ou qualquer uma das outras mencionadas no tópico) pois geralmente só me sinto atraído por essa pessoa e assumo ser-lhe fiel.
De igual forma também não vejo interesse nas chamadas "curtes", relacionamentos de one-night stand e outro tipo de relações condicionais tipo "relação aberta".

Quando estou num relacionamento gosto que ele seja incondicional, responsável, dedicado, fiel... Algo que esteja estabelecido apenas entre mim e a pessoa com quem estou.

_________________

· Website | Bandcamp | SoundCloud | Last.fm ·
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://undogmatic.net78.net/
RedHead
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Feminino
Aquário Dragão
N. de Mensagens : 2916
Idade : 28
Local : Olissipo/Liberalitas Julia
Raça : Elfo
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Urano (Céu/Elevação/Perfeição)
Cor : Preto

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Sab Jan 22, 2011 8:50 pm

Excelente tema! Wink

Tenho conhecimento de uma relação em grupo com um rapaz e duas raparigas. Não os conheço pessoalmente, mas temos amigos em comum e, pelo que me parece, a coisa funciona bastante bem e eles são felizes assim. Smile

Eu, pessoalmente, não conseguiria, por vários motivos: sou muito ciumenta e seria incapaz de partilhar a pessoa que amo com alguém; além disso, quando me imagino num triângulo desse género, penso automaticamente que acabaria por gostar mais de uma pessoa do que da outra; ou então, e devido novamente aos ciumes, iria ter a sensação de estar de fora sempre que os outros dois estivessem juntos sem mim. Enfim, isto comigo não iria funcionar mesmo.

Mas não tenho nada contra quem o faça - muito pelo contrário - e, se há abertura por parte de todos os intervenientes para tal, e se todos se sentem bem com a situação e ninguém sai prejudicado, então parece-me óptimo. É algo que eu aceito bastante bem, não me choca minimamente e parece-me até natural (embora pouco comum)... Hoje em dia vai existindo cada vez mais liberdade para as pessoas moldarem as suas relações de acordo com aquilo que as satisfaz melhor - sejam relações amorosas, familiares, etc -, e embora a sociedade continue a olhar meio de lado para tudo o que rompe com a tradição, já não é necessário obedecer a regras, e as pessoas sentem-se livres para explorar outros tipos de relacionamentos. E eu acho muito bem.Wink


_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dianarosa.wix.com/diana-rosa
Jane
Aldeão/Aldeã
avatar

Feminino
Capricórnio Galo
N. de Mensagens : 2
Idade : 47
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Dom Jan 23, 2011 12:46 am

Faço minhas as palavras do Averróis, no entanto por vezes questiono-me quanto à veracidade dos sentimentos das pessoas envolvidas numa relação polígama. Porque razão escolhem este tipo de relacionamento?!
Já tive esta discussão com um amigo, e já presenciei uma discussão sobre o tema na televisão (às 2 da manhã com a Ana Zanatti!), e os argumentos que apresentam são sempre os mesmos: porque razão o Homem tem que ser monógamo, quando a maioria dos animais não o é? Para quê ir contra a maré, e não aceitar de uma vez a nossa natureza?

A meu ver, vejo este tipo de relacionamento não como uma forma diferente de gostar de várias pessoas, mas como uma tentativa de fuga às regras que nos impuseram, um tentar quebrar a barreira do politicamente correcto, esquecendo o lado complexo e por vezes incompreensível do amor, do nosso cérebro, tornando-o mais...animalesco (?). Hey, como vi aí noutro post, continuamos a ser macacos, mas quer queiramos ou não, o nosso cérebro é bastante mais complexo e neurótico (consequência do seu tamanho). Será um tentar fugir à neurose tornando-se mais neurótico?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RedHead
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Feminino
Aquário Dragão
N. de Mensagens : 2916
Idade : 28
Local : Olissipo/Liberalitas Julia
Raça : Elfo
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Urano (Céu/Elevação/Perfeição)
Cor : Preto

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Dom Jan 23, 2011 12:51 am

Jane escreveu:
Faço minhas as palavras do Averróis, no entanto por vezes questiono-me quanto à veracidade dos sentimentos das pessoas envolvidas numa relação polígama. Porque razão escolhem este tipo de relacionamento?!
Já tive esta discussão com um amigo, e já presenciei uma discussão sobre o tema na televisão (às 2 da manhã com a Ana Zanatti!), e os argumentos que apresentam são sempre os mesmos: porque razão o Homem tem que ser monógamo, quando a maioria dos animais não o é? Para quê ir contra a maré, e não aceitar de uma vez a nossa natureza?

A meu ver, vejo este tipo de relacionamento não como uma forma diferente de gostar de várias pessoas, mas como uma tentativa de fuga às regras que nos impuseram, um tentar quebrar a barreira do politicamente correcto, esquecendo o lado complexo e por vezes incompreensível do amor, do nosso cérebro, tornando-o mais...animalesco (?). Hey, como vi aí noutro post, continuamos a ser macacos, mas quer queiramos ou não, o nosso cérebro é bastante mais complexo e neurótico (consequência do seu tamanho). Será um tentar fugir à neurose tornando-se mais neurótico?


E porque não aceitar que essas pessoas de facto se amam e se sentem bem assim? Eu acredito que há coisas que não precisam de grandes motivos para serem como são; acredito que as pessoas são genuínas e que não existe sempre um plano maquiavélico por detrás de tudo.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dianarosa.wix.com/diana-rosa
Averróis
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Masculino
Sagitário N. de Mensagens : 3508
Idade : 818
Local : Córdoba

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Dom Jan 23, 2011 1:05 am

Jane escreveu:
Faço minhas as palavras do Averróis, no entanto por vezes questiono-me quanto à veracidade dos sentimentos das pessoas envolvidas numa relação polígama. Porque razão escolhem este tipo de relacionamento?!
Já tive esta discussão com um amigo, e já presenciei uma discussão sobre o tema na televisão (às 2 da manhã com a Ana Zanatti!), e os argumentos que apresentam são sempre os mesmos: porque razão o Homem tem que ser monógamo, quando a maioria dos animais não o é? Para quê ir contra a maré, e não aceitar de uma vez a nossa natureza?

A meu ver, vejo este tipo de relacionamento não como uma forma diferente de gostar de várias pessoas, mas como uma tentativa de fuga às regras que nos impuseram, um tentar quebrar a barreira do politicamente correcto, esquecendo o lado complexo e por vezes incompreensível do amor, do nosso cérebro, tornando-o mais...animalesco (?). Hey, como vi aí noutro post, continuamos a ser macacos, mas quer queiramos ou não, o nosso cérebro é bastante mais complexo e neurótico (consequência do seu tamanho). Será um tentar fugir à neurose tornando-se mais neurótico?

Hey Jane, bem-vinda ao fórum.

Pessoalmente sei que o amor é estranho, e portanto compreendo perfeitamente que seja possível alguém amar duas pessoas em simultâneo. Até sei de situações em que há pessoas que ficam completamente divididas entre outras duas pessoas... Creio que é difícil saber realmente o que isso é sem sentir tal coisa. Pessoalmente ainda não senti (felizmente) mas conheço de uma amiga minha e sei que é uma coisa terrível, estar divida entre duas pessoas que ela amava. Aquilo estava a destruí-la.

Portanto, sabendo que é possível amar duas pessoas, é fácil compreender que algumas delas até escolham adoptar um tipo de relação aberta. Não apenas para "chocar" a sociedade ou algo mais, mas apenas para tornarem tudo mais fácil para si próprias.

Mais uma vez digo, para terminar: o amor é estranho... E sempre o será.

_________________

· Website | Bandcamp | SoundCloud | Last.fm ·
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://undogmatic.net78.net/
Jane
Aldeão/Aldeã
avatar

Feminino
Capricórnio Galo
N. de Mensagens : 2
Idade : 47
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Dom Jan 23, 2011 1:35 am

Compreendo isso tudo e não foi isso que pus em causa. O que pus em causa foram os argumentos que eles apresentam. Normalmente (ou seja, grande parte e não a totalidade) diz que os animais são polígamos, e que a verdadeira natureza do ser humano enquanto animal é ser polígamo, logo não deviamos ir contra a nossa própria natureza. Ou seja, despem toda uma relação de sentimentos para assumir a nossa verdadeira natureza.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Averróis
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Masculino
Sagitário N. de Mensagens : 3508
Idade : 818
Local : Córdoba

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Dom Jan 23, 2011 1:45 am

Jane escreveu:
Compreendo isso tudo e não foi isso que pus em causa. O que pus em causa foram os argumentos que eles apresentam. Normalmente (ou seja, grande parte e não a totalidade) diz que os animais são polígamos, e que a verdadeira natureza do ser humano enquanto animal é ser polígamo, logo não deviamos ir contra a nossa própria natureza. Ou seja, despem toda uma relação de sentimentos para assumir a nossa verdadeira natureza.

Sim, isso é verdade. Não é com argumentos falaciosos que devem provar a sua posição. Basta serem fieis aos seus sentimentos e deixarem-se de argumentos capciosos. Very Happy
Não é preciso mais nada.

Eu também podia dizer que os outros animais deixam de beber leite quando são desmamados e que portanto nós também devíamos de deixar de beber leite... Mas esse era um argumento que precisava de algo mais do que uma suposição e uma observação. Nesse ponto estamos de acordo: não é com esse tipo de argumento que devem tentar justificar os seus estilos de vida quando tal é a sua intenção.

_________________

· Website | Bandcamp | SoundCloud | Last.fm ·
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://undogmatic.net78.net/
RedHead
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Feminino
Aquário Dragão
N. de Mensagens : 2916
Idade : 28
Local : Olissipo/Liberalitas Julia
Raça : Elfo
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Urano (Céu/Elevação/Perfeição)
Cor : Preto

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Dom Jan 23, 2011 7:08 pm

Realmente, esse argumento não faz muito sentido. Até porque também há animais que não são polígamos; aliás, há animais que são sempre fiéis ao mesmo parceiro durante toda a vida (que eu saiba, os pinguins). Qual será afinal a natureza do animal homem neste sentido? Será que sabemos mesmo? E mesmo supondo que se conhece a verdadeira natureza do homem nas suas relações, não sabemos que há sempre excepções à regra? Então talvez seja melhor cada pessoa ser fiel a si mesma, como disse o Averróis, em vez de se preocupar em ser fiel àquilo que é considerado "natural".
Eu duvido muito que seja esse o verdadeiro motivo que leva alguém a ser poliamoroso; uma pessoa pode achar que o homem deve ser fiel à sua natureza e nem por isso passar a sentir vontade de ter uma relação desse tipo. Isso seria como um homossexual acordar de manhã e pensar "Bem, como a maior parte das pessoas e animais têm parceiros do sexo oposto, então essa é a verdadeira natureza dos animais, portanto é melhor eu segui-la". Será que a partir desse dia ele vai passar a apaixonar-se por pessoas do sexo oposto? ...Duvido muito, porque a natureza dele não é essa. Esta é uma questão do foro sentimental, não do racional, portanto acho que basta ser justificada com o que se sente e pronto.



E sim, amar duas pessoas ao mesmo tempo é possível. Também já estive dividida entre duas pessoas, em tempos que já lá vão, e é a coisa mais horrível do mundo. Ainda bem que há pessoas que resolvem a coisa sem terem de escolher. Eu costumo fazer isso nas compras: em caso de dúvida, levo os dois; mas com as relações não consigo ser assim. Laughing

Spoiler:
 

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dianarosa.wix.com/diana-rosa
Vampiria
Rei/Rainha
avatar

Feminino
N. de Mensagens : 1234
Local : Ilha dos Sonhos
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Deméter (Terra/Natureza/Estações)
Cor : Roxo

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Seg Jan 24, 2011 11:02 am

Vejo o poliamor como a situação dos homossexuais, são escolhas de vida e sentimentos diferentes.

Confesso que me faz confusão, mas cada qual é livre de escolher como quer viver e se existe consentimento de todas as partes envolvidas, então que façam como mais gostarem!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Averróis
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Masculino
Sagitário N. de Mensagens : 3508
Idade : 818
Local : Córdoba

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Seg Jan 24, 2011 5:21 pm

Vampiria escreveu:
Vejo o poliamor como a situação dos homossexuais, são escolhas de vida e sentimentos diferentes.

Confesso que me faz confusão, mas cada qual é livre de escolher como quer viver e se existe consentimento de todas as partes envolvidas, então que façam como mais gostarem!

A única diferença é que a homossexualidade não é propriamente uma escolha. Da mesma forma que a heterossexualidade não é uma escolha.

_________________

· Website | Bandcamp | SoundCloud | Last.fm ·
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://undogmatic.net78.net/
Vampiria
Rei/Rainha
avatar

Feminino
N. de Mensagens : 1234
Local : Ilha dos Sonhos
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Deméter (Terra/Natureza/Estações)
Cor : Roxo

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Seg Jan 24, 2011 5:30 pm

Averróis escreveu:
Vampiria escreveu:
Vejo o poliamor como a situação dos homossexuais, são escolhas de vida e sentimentos diferentes.

Confesso que me faz confusão, mas cada qual é livre de escolher como quer viver e se existe consentimento de todas as partes envolvidas, então que façam como mais gostarem!

A única diferença é que a homossexualidade não é propriamente uma escolha. Da mesma forma que a heterossexualidade não é uma escolha.

Nhiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii .m.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ceinwyn
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Feminino
Leão Tigre
N. de Mensagens : 3936
Idade : 30
Raça : Gárgula
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Ares (Guerra/Heroísmo/Conquista)
Cor : Vermelho

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Seg Jan 24, 2011 11:55 pm

Averróis escreveu:
Vampiria escreveu:
Vejo o poliamor como a situação dos homossexuais, são escolhas de vida e sentimentos diferentes.

Confesso que me faz confusão, mas cada qual é livre de escolher como quer viver e se existe consentimento de todas as partes envolvidas, então que façam como mais gostarem!

A única diferença é que a homossexualidade não é propriamente uma escolha. Da mesma forma que a heterossexualidade não é uma escolha.
O amor também não é uma escolha. Acho que a Vampiria estava a falar da escolha de seguir o sentimento.

_________________

Certe canzoni attraversano le mura con sacre ironie e parlano, senza parole, quell'unica lingua ch'è il suono.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vampiria
Rei/Rainha
avatar

Feminino
N. de Mensagens : 1234
Local : Ilha dos Sonhos
Raça : Druida/Feiticeiro
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Deméter (Terra/Natureza/Estações)
Cor : Roxo

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Ter Jan 25, 2011 10:20 am

Ceinwyn escreveu:
Averróis escreveu:
Vampiria escreveu:
Vejo o poliamor como a situação dos homossexuais, são escolhas de vida e sentimentos diferentes.

Confesso que me faz confusão, mas cada qual é livre de escolher como quer viver e se existe consentimento de todas as partes envolvidas, então que façam como mais gostarem!

A única diferença é que a homossexualidade não é propriamente uma escolha. Da mesma forma que a heterossexualidade não é uma escolha.
O amor também não é uma escolha. Acho que a Vampiria estava a falar da escolha de seguir o sentimento.

Era isso mesmo!! Obrigada Ceinwyn, é bom saber que afinal existem pessoas que me compreendem! .17.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RedHead
Deus(a) da Lua (moderação)
avatar

Feminino
Aquário Dragão
N. de Mensagens : 2916
Idade : 28
Local : Olissipo/Liberalitas Julia
Raça : Elfo
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Urano (Céu/Elevação/Perfeição)
Cor : Preto

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Qui Fev 17, 2011 5:11 pm

Gente, estive a falar com um poliamoroso e aproveitei para lhe pedir algum material que pudesse ajudar a elucidar os leigos e/ou curiosos em relação a este tema. Aqui vão algumas sugestões:

- Um flyer do blog PolyPortugal. Na mesma conta do Issuu podem encontrar-se também alguns artigos que saíram em jornais e revistas.
- Franklin's Polyamory FAQ
- Polyamory FAQ

Enjoy. Smile

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dianarosa.wix.com/diana-rosa
Queen
Artista
avatar

Feminino
Peixes Cabra
N. de Mensagens : 458
Idade : 38
Local : Lisboa
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Cinzento

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Qui Fev 17, 2011 9:49 pm

Não tenho nada contra, pois cada um é livre de seguir a vida como melhor se sente e da maneira que o faça mais feliz.

O mais importante é cada um estar realmente consciente de si mesmo e de q se sinta feliz.

Faço minhas as palavras da Red e do Averróis.

Não me imaginaria numa situação dessas pelos motivos q a Red apresentou - era incapaz de partilhar quem amo, e por aquilo q o Averróis disse:
Citação :
só me sinto atraído por essa pessoa e assumo ser-lhe fiel.
De igual forma também não vejo interesse nas chamadas "curtes", relacionamentos de one-night stand e outro tipo de relações condicionais tipo "relação aberta".

Quando estou num relacionamento gosto que ele seja incondicional, responsável, dedicado, fiel... Algo que esteja estabelecido apenas entre mim e a pessoa com quem estou.


Para mim o amor, além de ser um mistério é algo demasiado precioso e q deve ser estimado. Eu levo o amor muito a sério....mesmo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Urânia
Rei/Rainha
avatar

Feminino
Câncer Tigre
N. de Mensagens : 1298
Idade : 30
Raça : Elfo
Elemento : Ar
Deus : Urano (Céu/Elevação/Perfeição)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Sex Fev 18, 2011 12:28 am

Concordo bastante com tudo o que já foi aqui referido no fórum.
Não me faz confusão que 3 pessoas decidam viver o amor a 3. Há casos em que surpreendentemente resulta muito bem. Neutral

A infidelidade é uma espécie de poliamor não consentido por todas as partes. E existe mais do que aquilo que se pode imaginar.
Aprecio neste poliamor, o facto das pessoas terem a coragem de assumir o que querem e terem a sinceridade para falar frontalmente com as pessoas envolvidas. Quando amamos alguém temos que ter a confiança para falar verdade.

Eu, como a maioria das pessoas do fórum, penso que seria incapaz de ter uma relação a 3. Acho que uma relação a dois já trás desafios que cheguem! lol Manter a chama da relação, manter a relação é preciso "empenho". Um empenho sem esforço, natural. E acho mais um elemento torna tudo ainda mais confuso e difícil.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Urânia
Rei/Rainha
avatar

Feminino
Câncer Tigre
N. de Mensagens : 1298
Idade : 30
Raça : Elfo
Elemento : Ar
Deus : Urano (Céu/Elevação/Perfeição)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Qua Jul 20, 2011 12:12 pm

Vi este pequeno documentário sobre poliamor e lembrei-me de vir acrescentar ao tópico.

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Schatzi
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
N. de Mensagens : 221
Raça : Dragão
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Apolo (Sol/Medicina/Profecia)
Cor : Branco

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Qua Jul 20, 2011 5:50 pm

Bem poligamia é pior como dizia Lenine (é o que dizem as más linguas) já que o cônjuge teria que aturar multiplos de sogras XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Urânia
Rei/Rainha
avatar

Feminino
Câncer Tigre
N. de Mensagens : 1298
Idade : 30
Raça : Elfo
Elemento : Ar
Deus : Urano (Céu/Elevação/Perfeição)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Qui Jul 21, 2011 1:28 pm

Schat escreveu:
Bem poligamia é pior como dizia Lenine (é o que dizem as más linguas) já que o cônjuge teria que aturar multiplos de sogras XD

hahahahaha! Tiveste bem Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Manwë
Mestre
avatar

Masculino
Touro Galo
N. de Mensagens : 578
Idade : 23
Local : Bracara Augusta
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Hermes (Engenho/Pensamento/Arte)
Cor : Cinzento

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Qui Jul 21, 2011 2:53 pm

A mim não me faz confusão nenhuma. Aliás, nenhum tipo de relacionamento me faz confusão desde que haja plena aceitação de todos os intervenientes da relação.

Pessoalmente, não me envolveria numa relação desse género. Sou muito ciumento para isso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://whoknewindeed.wordpress.com
Nina.Féerie
Guerreiro/Guerreira
avatar

Feminino
Peixes Cabra
N. de Mensagens : 43
Idade : 26
Local : Brasil - São Paulo
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Cronos (Tempo/Ordem/Lei)
Cor : Cinzento

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Sex Jul 29, 2011 12:08 am

Jane escreveu:
Faço minhas as palavras do Averróis, no entanto por vezes questiono-me quanto à veracidade dos sentimentos das pessoas envolvidas numa relação polígama. Porque razão escolhem este tipo de relacionamento?!
Já tive esta discussão com um amigo, e já presenciei uma discussão sobre o tema na televisão (às 2 da manhã com a Ana Zanatti!), e os argumentos que apresentam são sempre os mesmos: porque razão o Homem tem que ser monógamo, quando a maioria dos animais não o é? Para quê ir contra a maré, e não aceitar de uma vez a nossa natureza?

A meu ver, vejo este tipo de relacionamento não como uma forma diferente de gostar de várias pessoas, mas como uma tentativa de fuga às regras que nos impuseram, um tentar quebrar a barreira do politicamente correcto, esquecendo o lado complexo e por vezes incompreensível do amor, do nosso cérebro, tornando-o mais...animalesco (?). Hey, como vi aí noutro post, continuamos a ser macacos, mas quer queiramos ou não, o nosso cérebro é bastante mais complexo e neurótico (consequência do seu tamanho). Será um tentar fugir à neurose tornando-se mais neurótico?

Jane, não sei se concordo. Eu pessoalmente sou uma pessoa muito honesta com certas dificuldades em relação à monogamia. Nunca enganei ninguém, mas por isso já cheguei a terminar relacionamentos com pessoas que eu amava porque percebia que estava precisando "escapar". Se meus antigos namorados tivessem entendido ou tivessem aceitado um relacionamento aberto (tentei com um, e apesar de ele ter aceitado ele ficou ensandecido mais tarde), eu os continuaria amando como a pessoa que seria pai dos meus filhos, cujas qualidades admiro e por quem sinto aquele sentimento de família. As outras pessoas seriam apenas para aqueles momentos em que voce precisa de alguma aventura... O que acontece num relacionamento monógamo é que, ao negar a si esse sentimento, passam-se meses e meses de brigas e descontentamento com algo que poderia ser facilmente resolvido. Mas, como disse, sou honesta e nunca enganei ninguém. Enquanto estiver num "contrato" monógamo, fico monógama. Só me preocupa muito quando eu precisar ter filhos, esse meu espírito um pouco instável. Mas não significa amar menos... Trair, sim, significa não amar e não respeitar. Mas as duas partes sabendo e concordando (embora seja quase impossivel achar quem aceite), é perfeitamente natural para pessoas como eu. É basicamente uma luta contra o tédio. E o corpo da prórpria pessoa com quem vc está se renova quando não se está monógamo. Alguém pode pensar que é uma moça pouco direita que diz essas coisas, mas eu repito que sempre fui honesta e, tendo tido apenas uma breve tentativa de relacionamento aberto, foi só nela que eu tive experiência poligâmica.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/nina.sandeville
Schatzi
Sacerdote/Sacerdotisa
avatar

Masculino
N. de Mensagens : 221
Raça : Dragão
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Apolo (Sol/Medicina/Profecia)
Cor : Branco

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Dom Jul 31, 2011 10:08 pm

(acabaram-se as brincadeiras das sogras do Lenine)

Na minha perspectiva, o Homem apesar de tentar separar a razão, de sensações e de sentimentos, não consegue de todo faze-la em várias questões como o amor. Isto porque entra em conflito com os conceitos de paixão e atracção.
É na dificuldade de separar estes conceitos do pontos de vista racional e de sensações/sentimentos, que surge a discordia entre os adeptos de monogamia e poliamor.
Por mais honestos e justos que tentamos ser com os outros, é quase impossível que não haja algum conflito emocional interno do próprio, do afectado e/ou de terceiros (ciúmes, suspeita, inveja).
Posso mesmo dizer que os adeptos* do poliamor devem ser uns verdadeiros gestores emocionais e com um grande estofo emocional para aguentar tal situação.

A monogamia é uma forma mais simples de gerir conflitos emocionais e de ideais, podendo haver no casal 3 grandes tipos de estruturação de relacionamento** (submisssão, atitude paternalista/maternalista em relação a outro ou de igualdade). As variantes poligamia, como as arabes islamistas, não as considero um verdadeiro poliamor porque existe sempre a noção de relacionamento com hierarquia***.

* adeptos/fãs/apoiantes/militantes lol
** Existem mais tipos de relacionamento monogamico, mas este são os mais "estereotipados"
*** Este último argumento é discutivel, mas esta é a minha opnião.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fundador (ex-Váli)
Deus(a) do Sol (administração)
avatar

Masculino
Áries Cobra
N. de Mensagens : 2041
Idade : 28
Local : Lisboa
Raça : Ent/Povo das Árvores
Elemento : Madeira
Deus : Poseidon (Mar/Ideologia/Sonho)
Cor : Verde

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Qua Fev 15, 2012 2:44 pm

Vi no Facebook uma frase e lembrei-me deste topico

Dizia o seguinte

Citação :
Deixo livre as coisas que amo
Se voltarem para mim é porque as conquistei
Se não é porque nunca foram minhas

A questão é complexa. Imaginando que as atitudes de alguem provocavam-me dor, mas, se imposesse a minha vontade, provocaria dor á outra pessoa. Qual das dores deve ser tida em conta: a minha porque sou traido ou a de outra pessoa que quer ser livre? Ou o que é mais importante se o valor da liberdade ou da fidelidade?

Imaginado que o teu parceiro(a) dá certa importancia a outra pessoa nãoa vendo mal nisso, tens o direito de o forçar a não fazer tal acto?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://folklusitania.heavenforum.com
Gallaecian Wolf
Burguês/Burguesa
avatar

Masculino
Sagitário Gato
N. de Mensagens : 74
Idade : 29
Local : Porto
Raça : Hobbit
Elemento : Terra/Rocha
Deus : Zeus (Justiça/Regência/Sentença)
Cor : Azul Escuro

MensagemAssunto: Re: Poliamor   Qui Fev 16, 2012 12:38 pm

Váli escreveu:

Imaginado que o teu parceiro(a) dá certa importância a outra pessoa não a vendo mal nisso, tens o direito de o forçar a não fazer tal acto?

Não. Uma relação só funciona com confiança total entre as duas partes. Ao primeiro sinal de desconfiança, e como uma bola de neve ...
Tendo essa confiança, não há problema nenhum em falar e ter pessoas do sexo oposto em grande estima, no final do dia voltamos sempre para a pessoa que gostamos.
Ja em relação ao tema, bem, isso nunca resultaria comigo .... verdadeiro amor e verdadeiro amor, e-me inconcebível pensar em verdadeiros amores ...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Poliamor   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Poliamor
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Folk Lusitânia :: Parte Sul :: Academia de Filosofia-
Ir para: